Especial

Famílias se reúnem na Ceia de Natal

Da Redação ·
 Franciele é a responsável pela decoração da mesa
fonte: Ivan Maldonado
Franciele é a responsável pela decoração da mesa

A ceia de Natal é ponto alto das confraternizações de fim de ano. Pois além de comemorar o nascimento de Jesus, a data é tradicionalmente a que mais aproxima as famílias. Irmãos, cunhados, sobrinhos, netos, que moram em outras cidades, fazem do Natal um momento muito especial de reencontro e união.

continua após publicidade

Na família Batistela, em Ivaiporã, a receita de Natal inclui mesa farta e muita gente. E é assim há 40 anos. “Desde criança meus pais sempre fizeram questão que estivéssemos reunidos em volta deles nesta época do ano. Eles diziam que a família que ceia reunida permanece unida para sempre”, afirma Marilene Batistela Silva.

continua após publicidade

Com o tempo, a família se espalhou, mas a tradição permaneceu e todo ano membros moram que em outras cidades do Paraná e no interior de São Paulo, percorrem quilômetros para fazer a vontade dos pais. Todos os anos mais de 30 pessoas sentam em volta da mesa farta dos Batistela na véspera de Natal.

continua após publicidade

Marilene lembra que há três anos, pouco antes do falecimento da mãe, dona Nair Batistela, um de seus últimos pedidos foi para que a tradição não fosse quebrada. Os encontros que até então era na casa da matriarca passaram para a casa de Marilene e do esposo Ademar Pereira da Silva. “E mesmo que hoje ela não esteja mais entre nós, em nosso coração ficou sua imagem, seu sorriso, seu gesto de se levantar para dar um abraço em cada um dos filhos e dos netos e a sensação de que ela permanece em nós”, revela Marilene.

Ademar diz que se sente muito feliz ao abrir a casa para os parentes e amigos queridos. “Em alguns casos, existem parentes que ficamos sem ver o ano inteiro. A amizade é o lado bom do ser humano” reflete Ademar. No dia de Natal a família se reúne para o almoço com o tradicional churrasco.

 

continua após publicidade

Ceia de sabores e delícias


Como a ceia deve ser um momento de prazer, o cuidado com o que vai à mesa começa bem antes da ceia. E para que tudo esteja preparado e a contento dos familiares e amigos, o casal começou os preparativos já na terça-feira. A filha do casal, Franciele, que mora em Maringá, também apareceu para colaborar. É ela a responsável pela mesa de frutas, pelos pequenos detalhes da decoração e pelo arranjo da mesa. “Tudo ao redor deve contribuir para essa noite de luz”, opina Franciele.

Neste ano os convidados dos Batistelas poderão apreciar peru, frango, cabrito, carneiro, leitoa, arroz, salpicão, saladas e frutas. Para a sobremesa está sendo preparado pavê de morango, torta de chocolate, torta de sorvete e bombom aberto. Ademar conta que uma das tradições da família e que faz muito sucesso, é o carneiro assado e revela o segredo. “Depois de temperado o carneiro deve ficar em repouso por pelo menos 12 horas”. Para o tempero ele utiliza vinho branco seco, ervas finas, cebola e sal a gosto. (IM)