Especial

Apucarana precisa plantar 20 mil mudas de árvores

Da Redação ·
Viveiro municipal possui em torno de 6 mil mudas em Apucarana
fonte: André Veronez
Viveiro municipal possui em torno de 6 mil mudas em Apucarana

Sinônimo de vida para muitos, as árvores podem proporcionar mais do que uma bela sombra ou uma folha de papel. No Dia da Árvore, comemorado hoje, é a qualidade de vida atrelada às plantas que aguça a preocupação dos ambientalistas quando o assunto é o desmatamento.
 

continua após publicidade

Em Apucarana, a secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (Sematur) estima que o município precisa plantar mais 20 mil mudas para chegar a um patamar ideal de arborização. “Isso faria com que tivéssemos uma árvore para cada terreno”, afirma o secretário responsável pela pasta, João Batista Beltrame.


Ele explica que o município possui cerca de 22 mil árvores plantadas, número considerado razoável pela Prefeitura. Outras quatro mil mudas de espécies como manacás-da-serra, cerejeiras, aroeiras-salsas, quaresmeiras e ipês devem ganhar o solo até o final de setembro.
 

continua após publicidade

“A previsão era fazer esse plantio durante a Semana da Árvore, mas vamos ter que esperar que chova pelo menos 30 milímetros para não correr o risco de perder as mudas”, comenta.


Desenvolvida pela Sematur, em parceria com as secretarias de Agricultura, Indústria e Comércio e Serviços Públicos, a iniciativa distribuirá 1,5 mil mudas na área central. As 2,5 mil restantes serão plantadas em bairros como os núcleos habitacionais Adriano Correia, Recanto do Lago, jardins Tibagi, Tarobá, Interlagos e distrito de Vila Reis.


Aproximadamente 150 pessoas, entre soldados do 30º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz), servidores públicos e alunos do Colégio Agrícola Estadual Interventor Manoel Ribas vão participar da ação. O plantio deve durar dois ou três dias, dependendo das condições climáticas.


Cerca de 700 árvores são abatidas por ano em Apucarana. A maioria, segundo o secretário, são plantas que comprometem a acessibilidade do público ou que não estão mais saudáveis.