Especial

Polícia apreende 850 metros de rede de pesca irregular em represa do Paraná

Da Redação ·
Material foi removido por se tratar de crime ambiental. - Foto - PM Ambiental
Material foi removido por se tratar de crime ambiental. - Foto - PM Ambiental

A Polícia Militar (PM) Ambiental apreendeu na segunda-feira (12) materiais de pesca proibida em uma represa na cidade de Primeiro de Maio no Paraná. No local foi removido 850 metros de rede de pesca. 

continua após publicidade

As equipes localizaram a rede de diversas malhas instalada próximo à ponto sem a plaqueta de identificação do proprietário. Diante da situação, todo material foi recolhido e entregue à Polícia Ambiental de Paranagi. 

Confira as modalidades de pesca proibidas pelo Ibama:
Redes de arrasto e de lance de qualquer natureza, redes de espera com malhas inferiores a 70 mm, entre ângulos opostos, tarrafas de qualquer tipo com malhas inferiores a 50 mm, medidas esticadas a qualquer ângulo, covos com malhas inferiores a 50 mm e colocadas a distancias inferiores a 200 metros das cachoeira, corredeiras, fisga de galatéia, pelo processo de lambada, espinhel cuja o cumprimento ultrapasse 1/3 o tamanho do ambiente e que tenha anzóis, redes elétricas ou qualquer aparelho que funcione através de impulsos elétricos que atrapalhe o livre andamento dos peixes, explosivos ou substâncias com efeitos semelhantes, substâncias tóxicas, aparelhos de mergulho como respirador artificial e aparelhos sonoros e luminosos, exceto quando para pesquisas autorizadas pelo IBAMA.