Especial

Mãe é morta ao tentar impedir estupro das filhas no PR

Da Redação ·
Crime foi praticado na manhã desta terça-feira. Foto: Reprodução Djalma Malaquias
Crime foi praticado na manhã desta terça-feira. Foto: Reprodução Djalma Malaquias

Uma mulher de 37 anos foi morta a facadas ao tentar impedir o estupro das filhas de 14 e 16 anos, na manhã desta terça-feira (23), em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba. O autor foi reconhecido e seria um foragido do sistema penal. 

continua após publicidade

As vítimas contaram que ficaram reféns do homem por cerca de 5 horas. Ele invadiu a casa de madrugada e estuprou as duas adolescentes. A mulher tentou impedir e foi morta com várias facadas quando o homem iria estuprar a filha caçula, de 4 anos. De acordo com as vítimas, o autor ainda teria estuprado a mulher após esfaqueá-la. 

A Polícia Civil informou que o assassino foi identificado como José Ricardo Ferraz, foragido da Penitenciária Estadual de Piraquara. Ferraz estava com um boné nas cores amarelo e preto e tem o desenho de um sol tatuado no antebraço. A polícia faz buscas para localizar o suspeito e até às 16h40 ele não havia sido preso.

Mãe é morta ao tentar impedir estupro das filhas no PR fonte: Reprodução