Mais lidas
Ver todos

    Especial

    Deputados do Paraná votam reajuste aos servidores nesta quarta-feira

    Deputados do PR aprovam reajuste dos servidores - Foto: Sandro Nascimento/ALEP
    Foto por
    Escrito por G1
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Os deputados estaduais do Paraná vão votar nesta quarta-feira (10) o novo reajuste salarial aos servidores. A proposta prevê o pagamento de um aumento 3,45% em parcela única, no mês de outubro, e estabelece um calendário de reajustes para os anos seguintes. O substitutivo, que tornou oficial a proposta elaborada pelos próprios parlamentares, foi enviado pelo governo estadual à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) na segunda (8).

    Depois do envio da proposta, os professores e funcionários das escolas estaduais, em greve desde 25 de abril, terminaram a paralisação. A decisão foi tomada em uma assembleia, na manhã de terça-feira (9), realizada na Vila Capanema, em Curitiba. Além do reajuste, eles tiveram a garantia de que os dias da greve não serão descontados, desde que haja reposição das aulas e compensação da carga horária dos funcionários.

    PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS - Já os professores das universidades estaduais – paralisados há mais de 40 dias – continuam em greve. Assembleias seguem sendo realizadas por sindicatos que representam a categoria para discutir a nova proposta. Caso ela seja aceita, a greve deve ser encerrada. Eles pedem um aumento de 8,17%, por conta da reposição da inflação.

    Fonte: G1

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    A luta das mulheres por direitos no Brasil, com Aline Rocha e Gabriela Sacchelli

    Deixe seu comentário sobre: "Deputados do Paraná votam reajuste aos servidores nesta quarta-feira"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias