Mais lidas
Ver todos

    Especial

    Brasileiro Rodrigo Gularte é executado na Indonésia, diz TV

    O brasileiro Rodrigo Gularte foi preso em 2004 por tráfico de drogas na Indonésia (Foto: AFP)
    Foto por
    Escrito por g1.globo.com
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O brasileiro Rodrigo Gularte, de 42 anos, foi executado na Indonésia na madrugada desta quarta-feira (29) – horário local, tarde de terça-feira (28) no horário de Brasília, segundo a emissora local TV ONE e o diário "Jakarta Post". Ele foi condenado à morte por tráfico de drogas, e a pena foi executada por um pelotão de fuzilamento.

    De acordo com a emissora 9news, da Austrália, outros sete condenados foram executados. A única mulher condenada, Mary Jane Veloso, não teria sido executada porque a pessoa que a recrutou para transportar drogas se entregou às autoridades.

    O paranaense Gularte foi preso em julho de 2004 depois de tentar ingressar na Indonésia com 6 quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Ele foi condenado à morte em 2005. Ele é o segundo brasileiro executado no país este ano – em janeiro, Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, foi fuzilado. Ele também cumpria pena por tráfico de drogas.


    Montagem com fotos de oito dos condenados à morte por tráfico na Indonésia: acima, a partir da esquerda, os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan, a filipina Mary Jane Veloso e o nigeriano Martin Anderson. Abaixo, os nigerianos Jamiu Owolabi Abashi (Foto: AFP Photo)

    Fonte: g1.globo.com - clique aqui e leia a matéria completa

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Professor acusado de assédio em Apucarana é afastado

    Deixe seu comentário sobre: "Brasileiro Rodrigo Gularte é executado na Indonésia, diz TV"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias