Mais lidas
Ver todos

    Especial

    ACIA e comerciantes querem remoção do “Quarteirão das Águas”

    Foto: Delair Garcia
    Foto por
    Escrito por Com informações da Prefeitura de Apucarana
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    A prefeitura vai analisar legalmente e tecnicamente a possibilidade de retirada do conjunto de chafarizes que forma o “Quarteirão das Águas”, instalado na Rua Osório Ribas de Paula, no centro da cidade. A decisão foi tomada hoje (7) pelo prefeito Beto Preto após se reunir em seu gabinete com o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviço (ACIA), Júnior Serea, a presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sivana) Aida Santos Assunção e de comerciantes da área envolvida na questão.

    No encontro, o grupo explanou, sob seu ponto de vista, todos os pontos negativos da obra, em especial o econômico e funcional. “O Quarteirão das Águas não está cumprindo sua função de embelezar, mas sim atrapalhando o trânsito, os pedestres e os lojistas. A solução mais adequada é a retirada dos chafarizes do local, o que vai otimizar o fluxo de veículos e amenizar a dificuldade de estacionamento na área central”, defendeu Júnior Serea.

    A presidente do Sivana, Aida Assunção, também é a favor de dar outra funcionalidade neste espaço ocupado pelos chafarizes. “Não está sendo usual, não está sendo prático. É preciso fazer algo que fique bom para os lojistas”, argumentou Aida.

    Detalhando o dia a dia dos comerciantes que possuem suas lojas exatamente no trecho que compreende o “Quarteirão das Águas”, o síndico do Condomínio Centro Comercial, o advogado Hiroyoshi Ida, argumenta que o monumento ocupa muito espaço, prejudica a visualização das vitrines e, consequemente, as vendas.

    “Aquela estrutura atrapalha até a passagem de pedestres, não só pelo espaço apertado para se caminhar, como também pelo vapor de água que é lançado sobre as pessoas. Quando não está ligada causa mau cheiro. São muitas situações adversas, por isso a maioria dos lojistas que aluga o ponto comercial naquele trecho fica um ano e pouco e vai embora. Além disso, há uma infiltração no chafariz que pode comprometer a estrutura do nosso edifício”, relatou.

    Beto Preto anunciou que irá acionar a equipe técnica e jurídica da prefeitura para verificar a possibilidade transferir o chafariz de lugar. “Vamos nos certificar se isso é legalmente possível, com consultas ao Tribunal de Contas e ao Ministério do Turismo, já que a obra foi construída com recursos de emenda parlamentar. Essa conversa foi fundamental. É uma discussão que precisa ser ampliada. Não podemos decidir sozinhos”, ponderou.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Júnior da Femac fala sobre novo lote de vacinas da gripe

    Deixe seu comentário sobre: "ACIA e comerciantes querem remoção do “Quarteirão das Águas”"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias