Especial

Fóssil é retirado de sítio paleontológico

Da Redação ·
 O esqueleto do animal  foi encontrado quase intacto
fonte: Lauro Alves
O esqueleto do animal foi encontrado quase intacto

Em menos de 40 minutos, o bloco de rocha onde está o fóssil de um tecodonte de 238 milhões de anos foi retirado do chão, na manhã deste domingo, e colocado em um caminhão em Dona Francisca, região central do Estado.

continua após publicidade

Para remover o bloco, que pesa cerca de 3,5 toneladas, foi utilizada uma retroescavadeira de esteira. Ele foi transportado até o laboratório da Ulbra de Cachoeira do Sul, onde deverá ficar por alguns anos para estudos.

O esqueleto do animal - um Prestosuchus, ancestral dos crocodilos - foi encontrado quase intacto e praticamente completo pelo paleontólogo Sérgio Furtado Cabreira, da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) de Canoas, e pelo biólogo Lúcio Roberto da Silva, da Ulbra de Cachoeira do Sul, em um terreno às margens da ERS-348, a poucos metros do trevo de acesso à cidade.

continua após publicidade

Por meio da descoberta, será possível descobrir, entre outras coisas, a causa da morte do animal e a qual espécie (tipo de Prestosucus) ele pertence.

Os estudos serão feitos a partir de réplicas do bloco. Uma das cópias idênticas vai para o Museu de Ciências Naturais da Ulbra de Canoas para exposição.