Especial

Paciente acaba detido após agressões verbais a atendente da UPA

Da Redação ·

O clima voltou a ficar tenso no final da tarde de ontem (28) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), situada na Rua Desembargador Clotário Portugal, na área central de Apucarana.

Conforme relatório da Guarda Municipal (GM) divulgado nesta terça-feira (29), uma equipe da corporação foi solicitada a comparecer no local depois que um paciente começou a agredir verbalmente um funcionário da unidade.

Os guardas municipais encaminharam a pessoa que estava com os ânimos exaltados à 17ª Subdivisão Policial (SDP) para os procedimentos legais.
Ontem um atendente da unidade fez um desabafo.
 

continua após publicidade
confira também



"Muita gente critica os funcionários da UPA sem conhecimento de causa, pois trabalhar aqui exige muito controle emocional em razão da cobranças, tanto por parte dos pacientes como da opinião pública em geral. O número de pessoas que procuram atendimento diariamente é muito grande e cada uma acha que a sua dor é mais intensa, que seu problema é sempre maior do que dos outros e por conta disso os ânimos ficam acirrados com frequência", afirmou um funcionário da UPA que optou pelo anonimato.