Especial

PM, passageira e assaltante morrem durante roubo a ônibus em Nova Esperança

Da Redação ·

Uma tentativa assalto a um ônibus teve resultado trágico no início da madrugada deste domingo (27), em Nova Esperança, na região noroeste do Paraná. Uma policial militar, uma passageira do coletivo e um criminoso morreram em decorrência de ferimentos provocados por projéteis de arma de fogo. 

O tiroteio ocorreu dentro de um ônibus da Viação Garcia que fazia a linha metropolitana Nova Esperança-Paranavaí. O veículo foi tomado de assalto por volta da 0h35, em um local situado às margens da BR-376 (Rosdovia do Café). 

C
onforme foi apurado pela polícia, osé Aparecido Gonçalves, de 32 anos, exigia do motorista o dinheiro das passagens e também queria os pertences de valores dos passageiros.

Ele chegou a agredir um idoso com uma coronhada na cabeça. No ônibus estava a soldado Silvia de Sá da Silva, 32. A policial estava com o filho de 10 anos e uma tia. Eles voltavam de um evento religioso em Maringá. 

D
urante a ação, Silvia reagiu e atirou contra o assaltante. Antes de morrer, o suspeito conseguiu atirar seis vezes. Um dos disparos atingiu a cabeça da soldado que morreu na hora.

Outro tiro feriu a passageira Ariany dos Reis Silva, 21, que também morreu. Uma passageira de 19 anos foi baleada no braço. 


O suspeito morto estava sendo procurado por ter praticado um assalto durante a tarde de sábado em Nova Esperança. Ele estava em liberdade desde o último dia 6 de setembro.

O bandido tinha passagens por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, dano e formação de quadrilha.  
Os corpos dos três foram encaminhados ao IML de Paranavaí. A soldado Silvia trabalhava em Paranavaí, no 8º Batalhão de Polícia Militar.


Fonte: matéria do jornalista Lucas Emanuel Andrade, do Bonde

continua após publicidade