Mais lidas
Ver todos

    Especial

    Brasil vence Coreia do Sul em amistoso na Ásia

    Escrito por Agência Estado: AE
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .


    A seleção brasileira abriu a sua série de dois amistosos no continente asiático com uma vitória. Neste sábado, no World Cup Stadium, em Seul, a equipe teve uma atuação segura, mesmo sem ser brilhante, e derrotou a anfitriã Coreia do Sul por 2 a 0, com gols do atacante Neymar e do meia Oscar, um em cada tempo.

    Esta foi a 16ª partida da seleção brasileira na segunda passagem do técnico Luiz Felipe Scolari, que agora soma dez vitórias, quatro empates e duas derrotas. Agora, a equipe, em preparação para a Copa do Mundo de 2014, segue para Pequim, palco do amistoso da próxima terça-feira contra a seleção da Zâmbia.

    Neste sábado, o Brasil entrou em campo com a base campeã da Copa das Confederações, exceto pelas ausências de Julio Cesar, Thiago Silva e Fred, todos fora dos amistosos na Ásia, por causa de lesões. Eles foram substituídos por Jefferson, Thiago Silva e Jô, respectivamente.

    Em um dos palcos da Copa do Mundo de 2002, a seleção brasileira fez uma partida morna com a Coreia do Sul no primeiro tempo, sem muitas oportunidades de gol, tanto que ameaçou os anfitriões do amistoso pela primeira vez aos 13 minutos, quando Hulk recebeu passe de Jô na grande área e finalizou em cima do goleiro Jung Sungr-Yong.

    Sem repetir o ritmo intenso de jogo que levou ao título da Copa das Confederações, a seleção brasileira passou a dar espaços para a Coreia do Sul, que se lançou ao ataque, mas era quase sempre parada pela defesa, especialmente porque os asiáticos abusavam dos cruzamentos. Em um deles, aos 27 minutos, David Luiz fez um corte providencial, evitando o cabeceio de atacante da Coreia do Sul na pequena área.

    Principal jogador da seleção brasileira, o atacante Neymar foi parado várias vezes com faltas pelos sul-coreanos, que usavam o recurso para barrar os seus dribles. Em uma delas, aos 43 minutos, ele deu o troco nos marcadores e abriu o placar do amistoso. O atacante do Barcelona cobrou colocado e a bola passou por cima da barreira, entrando no canto direto da meta do goleiro Jung Sungr-Yong, que pulou atrasado.

    A seleção brasileira voltou para o segundo tempo com Ramires no lugar de Hulk, em mudança que já havia sido testada durante os treinamentos em Seul. E a equipe definiu a sua vitória logo aos 3 minutos. Paulinho deu um lindo lançamento para Oscar. O meia do Chelsea, então, driblou o goleiro Jung Sungr-Yong e depois apenas empurrou a boa para as redes, ampliando a vantagem do Brasil.

    Com mais espaços para atacar diante da Coreia do Sul, que tentava ameaçar a seleção, mas sem sucesso, a seleção seguiu soberano na partida e quase marcou o seu terceiro gol aos 14 minutos, com Luiz Gustavo, de cabeça. A defesa sul-coreana, porém, conseguiu fazer o corte quase em cima da linha.

    Felipão aproveitou o segundo tempo para fazer testes na seleção, com as entradas de Lucas Leiva, que disputou o primeiro jogo pela equipe com o treinador, e Hernanes, um dos suplentes mais utilizados desde o seu retorno ao comando do Brasil.

    A Coreia do Sul conseguiu enfim ameaçar aos 23 minutos, após cobrança de escanteio, com cabeceio de Lee Chung-Yong. A bola passou à direita da meta de Jefferson. O Brasil também diminuiu o ritmo, até pelo desgaste provocado pelo desgaste pela viagem, mas, exceto por essa oportunidade em jogada de bola parada, os sul-coreanos não ofereceram muito riscos.

    Antes do término da partida, Felipão fez mais trocas no Brasil, com as entradas de Bernard e Maxwell. O panorama da partida, porém, não se alterou e, assim, a seleção brasileira garantiu a vitória sobre a Coreia do Sul por 2 a 0.

    FICHA TÉCNICA

    COREIA DO SUL 0 x 2 BRASIL

    COREIA DO SUL - Jung Sungr-Yong; Kim Young-Gwon, Hong Jeong-Ho, Kwak Tae-Hwie Kim Chang-Soo; Ki Sung-Yueng, Ko Yo-Han, Lee Chung-Yong (Yun Illok) e Kim Bo-Kyung (Go Yohan); Koo Ja-Cheol (Son Heung-Min) e Ji Dong-Won (Lee Keun-Ho). Técnico: Hong Myung-Bo.

    BRASIL - Jefferson; Daniel Alves, David Luiz, Dante e Marcelo (Maxwell); Luiz Gustavo (Lucas Leiva), Paulinho (Hernanes) e Oscar (Bernard); Hulk (Ramires), Neymar e Jô. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

    GOL - Neymar, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Paulinho, aos 3 minutos do segundo tempo.

    CARTÕES AMARELOS - Ki Sung-Yueng e Lee Chung-Yong (Coreia do Sul).

    PÚBLICO - 65.308 pessoas.

    RENDA - Não disponível.

    ÁRBITRO - Ravshan Irmatov (Usbequistão)

    LOCAL - World Cup Stadium, em Seul (Coreia do Sul).

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Jornal da Tribuna 2ª Edição - 07/07/20

    Deixe seu comentário sobre: "Brasil vence Coreia do Sul em amistoso na Ásia"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias