Chuva e vento provocam danos em Apucarana - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Especial

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O  mau tempo registrado no Paraná na quinta-feira (3) afetou cerca de 300 mil pessoas, conforme relatou a Defesa Civil Estadual. Em Curitiba, Maringá e Sarandi os danos causados pelo temporal foram mais significativos. Já em Apucarana o vento e a chuva provocaram o desabamento de uma casa e derrubaram um galpão em granja de frangos situada na região da localidade do Pinhalzinho, na zona rural. 

No Jardim Aviação, na zona leste da cidade, uma residência desabou, deixando os moradores desabrigados, mas ninguém ficou ferido. A Defesa Civil e Guarda Municipal interditaram a moradia. O Platô da Praça Rui Barbosa praticamente "virou uma lagoa".

Paraná - Em Curitiba, a tempestade durou cerca de 20 minutos, mas foi o suficiente para que 250 mil pessoas fossem atingidas pelos estragos. Três pessoas estão desalojadas e cinco desabrigadas. Um balanço da prefeitura de Curitiba aponta que 112 árvores e 57 galhos caíram e interditaram diversas ruas da cidade. No Bosque do Alemão, foram cerca de 200 árvores que caíram. Com os estragos, o bosque foi interditado. 

Conforme a Defesa Civil, 20 prédios públicos foram danificados. O prédio da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) não vai funcionar nesta sexta-feira (4) por causa das chuvas. O site da Alep está disponível apenas para consultas, mas voltará a ser atualizado apenas na segunda-feira (7). 

A sede da prefeitura também foi atingida pela chuva. Vários documentos ficaram bastante danificados, e o setor de alvarás da Secretaria Municipal de Finanças também não funciona nesta sexta. O prédio da Rodoviária e a sede da Urbs (Urbanização de Curitiba) foram parcialmente destelhados e três pessoas ficaram feridas no local. 

Outros municípios – o segundo município mais atingido pelas chuvas foi Maringá, no Noroeste. São, ao todo, 35 mil pessoas afetadas, com quatro casas danificadas. A população enfrenta problemas com falta de energia, nos transportes e em comunicação. Na cidade, foram 35 árvores que caíram por causa do vendaval. 

Na região metropolitana de Curitiba, 1,5 mil pessoas foram afetadas em São José dos Pinhais, com 256 casas e 24 edificações públicas danificadas. Outras 1,5 mil pessoas também tiveram problemas pelas chuvas em Salto do Lontra, no Sudoeste. Também registraram estragos as cidades de Francisco Alves, Marialva, Marmeleiro, Nova Esperança do Sudoeste e Paiçandu.
 

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Chuva e vento provocam danos em Apucarana"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias