Mais lidas
Ver todos

    Especial

    Modelo diz que não é prostituta e nega propina a prefeitos

    Luciane Hoepers foi acusada de participar do esquema de fraude que desviou R$ 50 milhões de fundos de pensão
    Foto por
    Escrito por correio24horas.com.br
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    A modelo e agente de investimentos Luciane Hoepers, 33 anos, suspeita de participar da quadrilha que lavava dinheiro e desviava recursos de fundo de pensão, disse que não oferecia vantagens indevidas aos políticos com quem negociava. Segundo Hoepers, que foi acusada de integrar esquema que desviou R$ 50 milhões, ela apenas oferecia investimentos. 

    "Só porque sou bonita eu sou condenada a ser prostituta? Só porque sou bonita eu não tenho capacidade para convencer que o instituto de previdência possa investir num fundo que está sendo mais rentável? Se tiver alguma escuta que coloque eu como prostituta, cobrando ou me oferecendo para ir para a cama, que a delegada solte e comprove", disse em entrevista exibida ontem pelo "Fantástico", da TV Globo.

    Luciane criticou o "sensacionalismo" e desafiou a Polícia Federal a apresentar provas. "Só porque sou bonita eu sou condenada a ser prostituta? Só porque sou bonita eu não tenho capacidade para convencer que o instituto de previdência possa investir num fundo que está sendo mais rentável? Se tiver alguma escuta que coloque eu como prostituta, cobrando ou me oferecendo para ir para a cama, que a delegada solte e comprove", falou.

    Luciane aparece em fotos sensuais que circulam pela internet. Ela ficou cinco dias presa e foi indiciada por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Luciane negou que recebia propina de prefeitos e argumentou que, ainda que houvesse algum tipo aliciamento, isso não seria suficiente para fechar o negócio. "Não houve pagamento de propina algum. A gente fazia intermédio de fundo de investimento e recebíamos a corretagem".

    "Mesmo que fosse realidade eu aliciar prefeito, ele não precisa assinar. Quem assina são os gestores. O que o prefeito ia fazer? Colocar revolver e mandar assinar? Ia ameaçar de exonerar? Ia fazer isso por causa de uma loira ou uma morena?", finalizou.

    Capa da 'Playboy'

    A modelo e agente de investimentos revelou à Polícia Federal que acredita que pode ser capa da "Playboy". Ao ser informada que ela e outras jovens bonitas que atraíam políticos para o esquema eram chamadas de "pastinhas" pela PF, Luciane disse que poderia estampar a capa da "Playboy" como " A Pastinha". Segundo a Folha Online, a declaração foi dada pouco depois da PF dar voz de prisão à modelo e arrancou gargalhadas de todos, até mesmo da delegada Andrea Pinho, responsável pela investigação.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Júnior da Femac fala sobre novo lote de vacinas da gripe

    Deixe seu comentário sobre: "Modelo diz que não é prostituta e nega propina a prefeitos"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias