Grupo Soma busca apoio para manter Abrigo do Menor - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Especial

Divulgação
Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Acumulando um déficit mensal de mais de R$ 20 mil, a diretoria do Grupo Soma, responsável pela manutenção do Abrigo do Menor de Apucarana, se reuniu na noite de segunda-feira (23) com o prefeito Beto Preto e alguns de seus secretários. 

A presidente do grupo, Cristiane Reis, fez um relato da complicada situação financeira da instituição e reivindicou ajuda oficial. Ela lembrou que a atual diretoria assumiu a instituição com um quadro muito complicado e sem certidão negativa de débitos, devido ao desvio de finalidade na aplicação de recursos oriundos do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA).

Infelizmente, conforme lembrou a presidente do Grupo Soma, na gestão anterior não foi aceita a prestação de contas de uma verba de cerca de R$ 90 mil, recebida do Estado. “Do total recebido, já foram ressarcidos R$ 80 mil e ainda faltam R$ 21 mil”, revela a secretária de Assistência Social, Márcia Regina da Silva de Sousa.
 

confira também



Segundo ela, de acordo com as regras do FIA, se não houver a restituição dos recursos, com a conseqüente liberação da certidão negativa, a instituição fica sem receber uma dotação de cerca de R$ 130 mil, prevista para 2014.

“Agora o Grupo Soma pede uma liberação extra de R$ 40 mil, como forma de equilibrar suas contas e isso será discutido e votado em reunião do Conselho Municipal de Assistência Social, prevista para o dia 7 de outubro próximo”, informou a secretária.

Conforme esclareceu o prefeito Beto Preto, a atual gestão trabalha com um orçamento herdado e não tem meios legais de fazer repasses para a entidade. Atualmente, a Prefeitura repassa R$ 5.100,00 ao mês ao Abrigo do Menor. “Estamos trabalhando para mudar esse quadro na assistência social, que hoje tem apenas 2,45% do total do orçamento do Município. Para o próximo ano pretendemos elevar esse índice para 3,5% do orçamento e chegar até o final de 2016 com 5%”, anunciou Beto Preto.

Ainda no encontro com diretores do Grupo Soma, que estavam acompanhados do pároco da Catedral Nossa Senhora de Lourdes, Roberto Carrara, o prefeito anunciou sua disposição de pedir apoio privado para o “Lar Sagrada Família” (Abrigo do Menor).

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Grupo Soma busca apoio para manter Abrigo do Menor"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias