Mais lidas
Ver todos

    Especial

    Greve dos Correios já atrasou mais de 600 mil entregas

    Os carteiros reivindicam aumento salarial de 15% e recomposição da inflação de 7,13%
    Foto por
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Mais de 600 mil cartas e encomendas estão atrasadas no Paraná devido à greve nos Correios. A greve levou à suspensão dos serviços de entregas com data marcada, entre eles, o Sedex 10.

    Os carteiros reivindicam aumento salarial de 15% e recomposição da inflação de 7,13%. Os Correios ofereceram reajuste de 8% no salário e de 6,27% nos benefícios.
     

    confira também

    Ontem, o TST determinou a manutenção das atividades de pelo menos 40% dos carteiros em cada unidade durante a greve, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

    Os Correios pediam a manutenção de 80% das atividades, mas o ministro Eizo Ono considerou que o limite “ensejaria quase a normalização dos serviços, a frustrar o exercício do direito fundamental dos empregados à greve”. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná, a adesão à greve no Estado atingiu 70% da categoria.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Professor acusado de assédio em Apucarana é afastado

    Deixe seu comentário sobre: "Greve dos Correios já atrasou mais de 600 mil entregas "

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias