Especial

Policial militar mata assaltante em Maringá

Da Redação ·

Um fugitivo da Justiça morreu em troca de tiros com um policial militar durante uma tentativa de assalto a uma farmácia de Maringá, na noite de sexta-feira (13). Outros dois criminosos que participaram da ação foram presos na sequência.

Segundo a Polícia Militar (PM), por volta das 20 horas, houve denúncia via 190 de que dois indivíduos em uma Honda CG 150 de cor preta, armados, tentaram roubar uma farmácia na Avenida Pedro Taques, no Jardim Alvorada. Um policial militar fazia compras no estabelecimento comercial naquele momento, e encontrou um dos ladrões indo ao caixa, dando voz de assalto.

O policial, que estava no fundo da farmácia, sacou a arma, foi em direção do bandido e se identificou, ordenando que o ladrão largasse a arma e colocasse a mão na cabeça. No entanto, o ladrão teria virado e esboçado reação. Houve troca de tiros.

Mesmo ferido, o rapaz se evadiu do local, mas foi encontrado em uma residência na Rua Maracaibo, durante patrulhamento na Vila Morangueira. A PM entrou no quintal com a permissão dos proprietários, e em meio a materiais recicláveis, havia um rapaz ensanguentado, porém ainda consciente. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conversou com o baleado, que disse que se chamava Leandro de Oliveira, e que teria tentado roubar a farmácia, sendo baleado nessa tentativa. 

Os outros dois acusados de participar da tentativa de roubo, identificados pela Polícia Civil como Ariel Pereira Cardoso, de 19 anos, e Eduardo Calvo Novaes, de 20 anos, foram localizados e presos.

continua após publicidade