Slogan 'Keep Calm and Carry On' surgiu na década de 30 - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Especial

Slogan 'Keep Calm and Carry On' surgiu na década de 30

O plano era divulgar os pôsteres em caso de invasão alemã - o que nunca aconteceu
Foto por
Escrito por Globonews
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O slogan virou febre. Em uma das principais lojas da internet, há mais de meio milhão de produtos com a marca ‘Keep Calm’. É difícil passar um dia sem cruzar com um deles nas ruas de Londres, incluindo as paródias. Mas a história começa nos tempos de guerra.

Em 1939, o governo britânico encomendou três cartazes para acalmar a população. O primeiro dizia: “A liberdade está em perigo. Defenda- a com toda a sua força”. O segundo dizia: “Sua coragem, sua alegria e sua determinação vão nos trazer a vitória”. Já a última mensagem era bem mais curta e direta: “Mantenha a calma e siga em frente”.

Foram impressos 2,5 milhões de 'Keep Calm and Carry On'. O plano era divulgar os pôsteres em caso de invasão alemã - o que nunca aconteceu. Quase todos foram destruídos.

Muitas décadas depois, o slogan, escrito para acalmar os ânimos, tem provocado o efeito inverso graças a uma descoberta na pacata cidade de Alnwick, no nordeste da Inglaterra. A “Barter Books” fica em uma estação de trem desativada. Os donos, Mary e Stuart Manley, são aficionados por história e, os responsáveis, pelo renascimento do lema de guerra.

Há 13 anos, Stuart encontrou uma cópia do cartaz no fundo de uma caixa de livros, adquirida em leilão. Bastou colocar o pôster na parede para despertar interesse. Os clientes da livraria ficaram encantados pelo slogan e começaram a pedir cópias. Desde 2001, o casal já vendeu mais de cem mil réplicas do original. Só que o potencial não foi visto logo de cara.

“Eu e Mary conversamos sobre fazer cópias e ela votou contra, porque isso iria banalizar o pôster, o que acabou acontecendo. Pensei em fazer 50 cópias, só para agradar algumas pessoas, sem falar para a Mary. Mas, infelizmente, quando fui para as gráficas, era mais barato fazer 500 cópias do que 50 cópias. Não tinha sentido fazer 50. Pensei: ‘vamos fazer 500’”, diz.

O casal passou a vender produtos variados - como avental, camiseta, caneca. O único acordo foi manter a frase original, nada de paródias. A demanda explodiu depois que o pôster saiu na lista de objetos desejados do jornal britânico 'The Guardian', em dezembro de 2005. Os produtos 'Keep Calm' chegam a somar 20% das vendas da livraria.

Mesmo vendendo, em média, mil pôsteres por mês, Mary e Stuart não se preocuparam em monopolizar a marca. Já outro empresário deixou o purismo de lado. O britânico Mark Coop montou um site, onde vende produtos inspirados em ‘Keep Calm and Carry On’.

Disputas à parte, o slogan não alimenta apenas a indústria de souvenires. Keith Bates levou seis meses para desenhar a fonte ‘Keep Calm’. São quase 400 caracteres oferecidos de graça para quem quiser se divertir. Já foram vendidas mais de 1,2 mil licenças, de dois tipos.

Sob a coroa do Rei George VI, um conselho válido para toda hora. O modismo tem seus altos e baixos, mas nunca desaparece. Mais do que um pôster, é o lema do país.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Slogan 'Keep Calm and Carry On' surgiu na década de 30"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias