Especial

Apucarana: Mãe que matou estuprador da filha de apenas 4 anos é absolvida

Da Redação ·

Foi publicada anteontem, sentença do juiz da 2ª Vara Criminal de Apucarana, José Roberto Silvério, que absolveu Amanda Lisboa. da acusação de homicídio doloso. O caso, registrado em maio de 2011, causou grande comoção na cidade. 

Amanda matou com uma facada no peito Jovenal da Silva que foi flagrado pela ré abusando de sua filha de 4 anos. Na época do crime, Amanda foi presa em flagrante e ficou 4 dias detida até que tivesse sua liberdade provisória concedida pela justiça. Populares, comovidos com a situação da ré, se mobilizaram e contrataram advogado para promover a defesa da acusada.

Amanda foi absolvida pelo juiz, que entendeu não haver necessidade de convocar o Tribunal do Júri. Conforme o advogado e também professor de direito que realizou a defesa, Aluísio Henrique Ferreira, a decisão mostra que o Judiciário entendeu que a tese devia ser acolhida, se levando em conta o contexto da situação. 

“Não se poderia exigir da acusada, mãe de uma criança de 4 anos na época, que tinha acabado de sofrer violência sexual, se portasse de outra forma ao se deparar com o pedófilo autor do estupro”, comenta o advogado.  

continua após publicidade