Especial

Passeata marca fim da Semana de Combate à Violência e Exploração Sexual de Menores

Da Redação ·

Após ato público realizado próximo ao platô da Praça Rui Barbosa, uma caminhada foi realizada em Apucarana na manhã deste sábado (18) para marcar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes. Dezenas de pessoas se uniram para incentivar denúncias. Crianças também participaram da mobilização. Um carro de som da Prefeitura de Apucarana acompanhou a caminhada e chamou a atenção de quem passava pelas ruas. A coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (Creas), Patrícia de Oliveira Vechhi, destaca que toda sociedade deve lutar pelos direitos das crianças. Ela explica que as consequências para as vítimas de violência infantil são graves. “É importante divulgar, falar, para não ocorrer mais. E se ocorrer, que seja tratado o mais rápido possível”, avalia. Patrícia ainda explica que as consequências para as vítimas de violência infantil são graves. “As consequências são permanentes, às vezes vão até a vida adulta.” Lançada na segunda-feira à noite no salão nobre da prefeitura de Apucarana, a Semana Municipal de Combate e Prevenção da Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes teve um dos pontos na terça-feira (15) à noite. Especialista no assunto e requisitada nacionalmente para proferir palestras, a sargento Tânia Guerreiro fez uma palestra no Cine Teatro Fênix abordando o tema “Quebrando o Silêncio”. Durante o lançamento da campanha, o prefeito Beto Preto lembrou que seu envolvimento no combate a violência contra a criança e adolescente vem desde o período que trabalhou como auditor no Ministério da Saúde. “Ajudei a criar o disque denúncia para este tipo de crime, que hoje atende pelo número 100”, recorda. Beto classificou como estarrecedores o índice da violência infantil e as condições em que o crime acontece. “Esse crime está incrustado no seio da família e isto tem que vir a tona. O momento não é de alegria, mas sim de conscientização e mobilização. Nosso mandato acontece com o enfrentamento da realidade, que neste caso se traduz em denunciar”, conclama. A campanha, que prosseguiu até este sábado, é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Apucarana. Ontem (17) à noite foi realizada uma Mesa Redonda no Cine Fênix. O ato público e passeata realizados neste sábado (18) marcaram o encerramento da Semana Municipal de Combate e Prevenção da Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

continua após publicidade