Especial

Apucarana: Prefeito entrega sede própria para CRAS do Jardim América

Da Redação ·
Prefeito Beto Preto entrega sede própria para CRAS do Jardim América
fonte: Edson Denobi/Assessoria de Imprensa
Prefeito Beto Preto entrega sede própria para CRAS do Jardim América

Uma estrutura do município que estava ociosa agora é sede do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS I) Geraldo César de Souza. O ato marcando a mudança ocorreu hoje (14/05), no Jardim América, e contou com a presença do prefeito Beto Preto, secretários municipais, diretores, vereadores e outras autoridades. O prefeito de Apucarana anunciou ainda que mais dois CRAS passarão - nos próximos dias – também a atender em sede própria, cumprindo o que preconiza o Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Até então o CRAS I funcionava em um imóvel alugado, no Jardim Apucarana, e agora atenderá no prédio do antigo posto de apoio ao Programa Saúde da Família Ivo Antônio Lenartovicz, localizado na Rua Castro Alves esquina com Travessa Itararé, no Jardim América. O espaço, cedido pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS), estava desativado desde a inauguração da UBS Bolivar Pavão, localizado na Avenida Central do Paraná. “O Sistema Único de Assistência Social prevê que todo CRAS tenha sede própria para fincar raízes e ser um marco nas comunidades”, ressaltou Beto Preto. Com as novas mudanças anunciadas, o CRAS da Vila Nova passará a atender na Rua Denhei Kanashiro, em edificação que será cedida pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. De acordo com Beto Preto, o terreno que foi doado pela Prefeitura será revertido ao Município. Já o atendimento do CRAS da Vila Regina será transferido para o prédio onde funcionava a Unidade Básica de Saúde Rodrigo Yoshii Tramontin, na Vila Apucaraninha. “O Município, que conta com quatro CRAS, não tinha nenhum centro em prédio próprio e muito em breve terá três. Além da economia aos cofres públicos, pois com a viabilização das sedes próprias deixaremos de pagar aluguel, a mudança também facilitará o acesso aos serviços”, reforçou o prefeito. Para Juliana Eliza da Silva, chefe regional da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, a nova sede atende os requisitos  previstos no Sistema Único de Assistência Social. “O espaço oferece as condições necessárias para o trabalho de proteção social básica, com o objetivo de promover a emancipação das pessoas e facilitando o acesso aos seus direitos”, avalia. ATENDIMENTO – O Centro de Referência da Assistência Social I faz cerca de 100 atendimentos por dia e a expectativa é que esses números cresçam com a mudança de endereço. “O CRAS estava fora das normas e agora está situado dentro de uma área de vulnerabilidade social, ou seja, mais perto de quem precisa efetivamente dos serviços”, explica Márcia Regina de Sousa, secretária municipal de Assistência Social, informando ainda que a área de abrangência do centro é de cerca de 50 bairros.  De acordo com ela, os principais atendimentos e atividades realizados no centro são relativos aos programas Bolsa Família, cesta básica, tarifas sociais da água e luz, oficinas de artesanato, habitação e encaminhamentos ao INSS, cursos profissionalizantes, saúde, educação e conselho tutelar. “Agora temos uma estrutura melhor e que atende os requisitos de acessibilidade, com rampas de acesso, portas mais amplas e banheiros adaptados”, enumera. O CRAS do Jardim América será coordenado por Susana Gonçalves e conta com outros sete funcionários (2 assistentes sociais, 1 psicóloga, 1 pedagoga, 1 serviços gerais e 2 área administrativa).

continua após publicidade