Especial

Apucarana firma parceria para construção de mais 950 casas

Da Redação ·
Apucarana firma parceria para construção de mais 950 casas
fonte: Divulgação
Apucarana firma parceria para construção de mais 950 casas

Quatro dias depois do lançamento oficial dos residenciais Sumatra 2 e 3 e o Jacanã, totalizando 815 casas populares, o prefeito Beto Preto anunciou ontem um novo empreendimento, que também irá contribuir para reduzir o déficit habitacional em Apucarana. Trata-se de mais dois conjuntos residenciais com 950 unidades. “Já declaramos de utilidade pública uma área de vinte alqueires situada próxima do Recanto do Lago e do Adriano Correa, e que é parte integrante da Fazenda Juruba, para abrigar este novo projeto habitacional”, confirmou ontem o prefeito, durante reunião com o deputado federal Edmar Arruda (PSC).

O parlamentar disse que o governo federal, por meio da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Programa Minha Casa, Minha Vida, está viabilizando milhares de moradias em todo o País e também no Paraná. “Felizmente, para os apucaranenses que sonham em sair do aluguel e conquistar a sua casa própria, a cidade conta com um prefeito arrojado que se empenhou nesse projeto desde janeiro”, opinou Arruda, assinalando que agora está sendo consolidado o acordo com o proprietário da área.

Edmar Arruda frisou que o projeto só caminhou de forma rápida, graças à intervenção do prefeito Beto Preto. “Os contatos com a Caixa Econômica Federal foram feitos e, ao mesmo tempo, a negociação com o dono do terreno foi constante, além de outras providências”, relatou o deputado. “Se o prefeito não se interessa e não corre atrás, certamente as casas iriam ser liberadas para outros municípios”, frisou.

A Cantareira Construções e Empreendimentos Imobiliários Ltda, de Maringá, será a responsável pela construção das 950 casas do Minha Casa Minha Vida. As residências serão de 42 metros quadrados e destinadas a famílias com renda de até R$ 1,6 mil e que pagarão, durante apenas 10 anos, uma prestação correspondente a 5% da renda familiar. Os recursos para a aquisição do terreno, bem como para toda a infra-estrutura e construção das casas será financiado pela CEF e as obras devem ser iniciadas ainda neste semestre.

Da reunião realizada na manhã de ontem no gabinete do prefeito Beto Preto também participaram os engenheiros Mônica Nicolau de Castro Mendonça e Sidnei Telles, da Cantareira Construções; o procurador jurídico do Município Paulo Sérgio Vital; secretário de indústria e comércio, Laércio Beani da Costa; e secretário de Governo Petrônio Cardoso.

Confira o avanço habitacional em Apucarana
Casas em construção em Apucarana

continua após publicidade

Residencial Sumatra 1 – 486 unidades (construtora Bonora/Londrina) *próximo do Jardim Colonial

Projetos já liberados
Residencial Celso Marchi – 350 unidades (Construtora Bizantina/Apucarana) * próximo ao Colégio Três Reis
Residenciais Sumatra 2 e 3 – 515 unidades (Construtora Bonora/Londrina) * próximo do Jardim Colonial
Residencial Jaçanã – 300 unidades (Construtora Bizantina/Apucarana) * próximo ao Jardim Colonial

continua após publicidade

Residenciais em fase de projeto
Residencial Juruba 1 e 2 – 950 unidades (Cantareira Construções/Maringá) * próximo do Recanto do Lago
Minha Casa “Entidades” – 200 unidades (Vila Reis)