Especial

Mais um ônibus é incendiado em bairro de Arapongas

Da Redação ·

A Polícia Militar (PM) confirmou que mais um ônibus foi incendiado em Arapongas na noite de sexta-feira (22). O atentado ocorreu no Jardim San Rafael 3. De acordo com o capitão Vilson Laurentino da Silva, da 7ª Companhia da Polícia Militar (PM), o veículo de transporte coletivo urbano fazia a linha Conjunto Corina Pugliesi-Águias quando cinco jovens invadiram o veículo. Segundo o motorista do ônibus, os jovens estavam armados de revólveres e facas e após ameaças, condutor e cerca de 10 passageiros foram obrigados a descer do coletivo. Os bandidos jogaram um líquido branco e inflamável nos bancos do veículo, atearam fogo e em seguida fugiram. Quando policiais militares chegaram ao local do atentado se depararam com o motorista tentando apagar o fogo. As chamas foram debeladas, mas pelo menos cinco poltronas e a porta central do ônibus foram danificadas. Após a ocorrência várias equipes da PM e da Guarda Municipal iniciaram diligências na tentativa de localizar os autores do crime. Dois menores, um de 16 e outro de 15 anos foram apreendidos. O jovem de 16 anos confessou participação no atentado. Já o outro adolescente negou envolvimento na autoria do atentado, mas foi reconhecido pelo motorista e tinha mensagens em seu celular que evidenciavam a partcipação na autoria do incêndio criminoso. Outros três garoto suspeitos já foram identificados pela polícia. A Polícia de Arapongas acredita que os mesmos jovens tenham participado de um outro incêndio a ônibus ocorrido na cidade na noite de terça-feira (19), quando uma base da Guarda Municipal também foi alvo de atentado a tiros. Desde o último domingo (19), seis ônibus já foram incendiados na região. Dois em Londrina, dois em Arapongas e dois na região de Maringá, em Paiçandu e Sarandi. A polícia afirma que os casos são situações isoladas e não tem ligação com organizações criminosas. Leia mais na edição de domingo (24) da Tribuna do Norte - Diárido do Paraná

continua após publicidade