Especial

Secretária baleada durante roubo morre em Arapongas

Da Redação ·
 Auristela Melo dos Santos, de 36 anos, foi baleada em seu local de trabalho
fonte: Divulgação
Auristela Melo dos Santos, de 36 anos, foi baleada em seu local de trabalho

A polícia de Arapongas confirmou nesta quarta-feira (27) que a secretária Auristela Melo dos Santos, de 36 anos, faleceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas. Ela foi ferida a tiro quando trabalhava no dia 7 de fevereiro, durante assalto a uma clinica médica e morreu no inicio da noite desta terça-feira (26). A morte da secretaria causou grande comoção popular na cidade. O corpo de Auristela é velado na capela do Prever e o sepultamento está previsto para as 18 horas desta quarta-feira (27), no cemitério municipal de Arapongas.

No dia 18 de fevereiro a polícia prendeu Emerson Renan Ramos, 22 de anos, quando ele se apresentou na delegacia de Arapongas para prestar depoimento. Conforme o delegado Pedro Lucena, Ramos é suspeito de atirar contra Auristela e teve a prisão preventiva decretada. Na tarde do dia 7 de fevereiro Ramos teria invadido uma clínica médica para praticar assalto. A secretária Auristela Melo dos Santos e cinco pacientes, que aguardavam atendimento foram rendidos.

A mulher ficou nervosa, agitada e trêmula com a sistuação e acabou baleada no abdômen. De acordo com a  Polícia Civil, Ramos foi reconhecido pelas demais vítimas  do roubo.

continua após publicidade