Especial

Sanepar irá aumentar tarifa de água em 6,9%

Da Redação ·
Sanepar irá aumentar tarifa de água em 6,9%
fonte: Tribuna do Norte
Sanepar irá aumentar tarifa de água em 6,9%

As tarifas de água distribuída pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) terão um aumento de 6,9% nas contas com vencimento a partir de abril. A informação foi divulgada na manhã desta quarta-feira pelo Governo do Paraná, principal acionista da empresa. Na prática, a tarifa mínima para um consumo de 10.000 litros mensais passará de R$ 22,10 para R$ 23,62, segundo nota divulgada na Agência de Notícias do Paraná -- órgão oficial de comunicação do governo estadual. O valor vale para os 345 municípios onde a empresa atua no estado.

Este é o terceiro reajuste desde o início da gestão de Beto Richa, a pouco mais de dois anos. A tarifa, que ficou congelada entre 2005 e 2010, subiu 16% em abril de 2011 e 16,5% em abril de 2012. Na ocasião dos aumentos, o governo afirmou que o objetivo era recuperar a defasagem da tarifa – que, após seis anos sem alterações, teria chegado a 33% em janeiro de 2011, no início do atual governo.

A Sanepar alegou que o reajuste ficou abaixo da inflação medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM), indicador de referência para tarifas públicas, que foi de 7,91% nos últimos 12 meses. O valor do aumento autorizado pelo Instituto das Águas do Paraná é bem menor do que o índice requisitado pela companhia. Em janeiro, a empresa informou que pretendia reajustar a tarifa de água e esgoto em até 10,62%. Inconformada com a medida, a Federação das Indústrias do Paraná (Fiepr) chegou a pedir que a tarifa baixasse ao invés de subir.

Segundo a nota divulgada, o aumento recupera “parte da elevação dos custos de 2012” e “permitirá à Sanepar manter seu programa de obras, que investirá neste ano R$ 801,8 milhões na ampliação das redes de distribuição de água, coleta e tratamento de esgoto.”

Segundo informações da companhia, a tarifa da Sanepar é uma das menores do País e a menor da região Sul, mesmo com o reajuste. O programa Tarifa Social, que beneficia cerca de 170 mil famílias de baixa renda e em 2012 recebeu um subsídio de R$ 46 milhões, será mantido. A Tarifa Social terá um reajuste de R$ 0,40 e passará para R$ 6,20, para um consumo mensal de até 10.000 litros de água.


Fonte: Sanepar

continua após publicidade