Especial

Sócio de boate de Santa Maria tentou se matar

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Sócio de boate de Santa Maria tentou se matar
Sócio de boate de Santa Maria tentou se matar

A polícia de Cruz Alta, no rio Grande do Sul, confirmou hoje (30) que um dos sócios da boate Kiss tentou se matar na tarde de terça-feira (29). Conforme a delegada Lylian Carús, Elissandro Spohr usou a mangueira do chuveiro. O policial que fica de plantão no quarto do empresário percebeu a intenção e o impediu. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil. Spohr está com prisão temporária decretada por cinco dias. No domingo (27), mais de 230 morreram na casa noturna de Santa Maria. "Ele fala que não tem mais vontade de viver, que não se achava em condições de carregar toda essa tragédia nas costas", afirmou a delegada.

continua após publicidade



Ontem à tarde, o médico Paulo Viécile havia declarado que o paciente estava muito abalado. "O psicológico dele está arrasado. O paciente oscila crises de choro com crises de depressão. Chega a ter ideias delirantes, paranóicas. Está bastante comprometido emocionalmente", disse o médico Paulo Viécile. Até a manhã de quarta-feira (30) uma tomografia será realizada no empresário para saber se houve evolução no quadro clínico, mas a principal preocupação da equipe médica agora é tratar a questão psíquica de  Sphor.

Aparentemente, segundo o médico, o dano pulmonar em um dos sócios da boate Kiss é leve, mas inspira cuidados.


As informações são do G1