Entretenimento

Lindsay Lohan ficará presa por 120 dias

Da Redação ·
 Lohan recusou em março um acordo estabelecido pelas autoridades
fonte: Arquivo
Lohan recusou em março um acordo estabelecido pelas autoridades

A atriz Lindsay Lohan foi condenada nesta sexta-feira (22) a 120 dias na prisão por violar sua condicional na condenação por dirigir alcoolizada e portando cocaína em 2007.

continua após publicidade


Lohan foi retirada de um tribunal de Los Angeles por policiais no final de uma audiência preliminar de acusação pelo roubo. Na tarde desta sexta, a atriz esteva no tribunal para audiência que definiria se ela iria a julgamento por deixar uma loja sem pagar um colar no valor de US$ 2,5 mil.
A juíza Stephanie Sautne decidiu diminuir a acusação de roubo para "contravenção simples" e o caso será julgado no dia 3 de junho.


No entanto, a juíza determinou incidente foi uma violação da liberdade condicional e condenou-a a 120 dias de prisão e 480 horas de serviço comunitário. A advogada de Lohan, Shawn Chapman
Holley, disse que iria fazer um apelo imediato.

continua após publicidade


Histórico de confusões
O caso é o mais recente de uma série de problemas legais de Lohan, entrando e saindo de programas de reabilitação, da cadeia e dos tribunais desde 2007. Ela ficou sentada calmamente durante os procedimentos, vestindo um casaco escuro, calça azul e echarpe branca.


Lohan recusou em março um acordo estabelecido pelas autoridades para ficar entre três e seis meses atrás das grades caso se declarasse culpada.


A atriz está em liberdade condicional por uma pena imposta em 2007, por dirigir bêbada e posse de cocaína. Em 2010, passou duas semanas na prisão e poderia ter ido ao cárcere por ter rompido sua liberdade provisória.