Entretenimento

Preta Gil quer processar deputado por comentário racista

Da Redação ·
 Cantora se sentiu ofendida com o comentário do parlamentar
fonte: Julia Moraes/Folhapress
Cantora se sentiu ofendida com o comentário do parlamentar

No "CQC" desta segunda-feira, o deputado Jair Bolsonaro (PP) disse que um filho seu nunca namoraria uma mulher negra porque isso seria promiscuidade. Ele respondia a uma pergunta feita por Preta Gil, que em seu perfil no Twitter afirmou estar estudando processar o político.

continua após publicidade

No programa, Bolsonaro respondia a uma série de perguntas sobre ditadura e preconceito contra gays e negros. Quando questionado pela cantora sobre como ele agiria caso seu filho se apaixonasse por uma negra, o deputado disse não se preocupar com isso.
 

continua após publicidade

"Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como lamentavelmente é o teu", respondeu o deputado.
 

Pouco depois da exibição do programa, Preta Gil usou seu Twitter para falar sobre o assunto. Ela disse ainda ter enviado o vídeo ao seu advogado.
 

"Advogado acionado, sou uma mulher Negra, forte e irei até o fim", escreveu no microblog.
 

Procurado pela Folha na manhã de hoje, o deputado não foi encontrado para comentar o caso.