Entretenimento

Manuela afirma que fica com Solano, mesmo sem filhos

Da Redação ·

Manuela (Milena Toscano) está lendo o caderno das Antonias quando Solano (Murilo Rosa) chega. Ela pede que ele escute um trecho importante do livro: “Escuta isto, Solano: não terei mais filhos. Não alimentarei a maldição com a carne e o sangue de um filho homem. E pela recusa em me deitar e ganhar barriga... meu esposo diz que me deixa, desonrada e devolvida, feito um artigo com defeito”.  

continua após publicidade

Solano, que até então não estava entendendo, percebe que se trata do livro de receitas: “As Antonias... Então é isso que tu tanto procura nesse caderno, Manuela? Nada de receitas... As histórias da Antonias e de seus filhos mortos pela maldição karuê...”.  

Manuela, então, puxa o assunto que vem lhe remoendo por dentro há algum tempo: “E nós dois, Solano? Fizemos tantos planos, falamos nos nossos filhos...”. O gaúcho vai até ela e fecha o caderno: “Planos podem mudar”, afirma ele, cheio de certeza.  

continua após publicidade

Mas Manu quer resolver o assunto agora: “Você queria muitos filhos... como se sente sabendo que... nunca será pai?”. Para Solano, porém, essa possibilidade inexiste: “Ah, mas eu serei, sim! O mundo já está cheio de filhos, Manuela, o que falta são pais! Não vê padre Emílio? Só ele, que nunca foi pai, nunca nem... tem oito rebentos! Mas... tu é que tens de decidir, porque quem está impedido de gerar sou eu, não tu”.  

Manuela não entende e ele explica em seguida: “Se ficas comigo ainda que isso te impeça de ser mãe”. É aí que ela vem com o tiro certeiro: “E quem disse que eu não serei mãe? Ou você pensa que vai criar todos aqueles filhos adotivos sozinho?”.  

Ele fica meio sem saber o que dizer, e ela revela: “Solano... eu posso viver sem o que não tive até hoje. Mas não posso, definitivamente, não posso viver sem você!”. O encantador de cavalos não pensa em outra reação, senão puxá-la e dar-lhe um beijo apaixonadíssimo.