Entretenimento

"Tivemos uma noite bacana juntos", revelou o novo affair de Madonna

Da Redação ·
 Maddona e Brahim Zaibat curtindo juntos a noite londrina
fonte: Splash News
Maddona e Brahim Zaibat curtindo juntos a noite londrina

Pela primeira vez, o coreógrafo francês Brahim Zaibat resolveu quebrar o silêncio e falou sobre a relação com Madonna à edição francesa da revista “Grazia”. Para o dançarino de 24 anos, Madonna é uma mulher como qualquer outra e a nova relação não mudou quem ele é.
 

continua após publicidade

“Tudo começou em setembro no lançamento de uma linha de roupas de Madonna. Meu amigo Norman, que é dançarino e personal trainer dela, me pediu para fazer uma apresentação solo durante o lançamento da Material Girl. Eu fui, conheci Madonna e ela me agradeceu pelo show”, revelou Zaibat.


“Não foi como conhecer um monstro”, completou o coreógrafo. “Ela é uma artista extraordinária, claro, mas acima de tudo uma mulher. Ela não foi a primeira cantora que conheci. Fiquei encantado de conhecê-la, mas não tenso”. Segundo Zaibat, suas primeiras palavras para a popstar foram “Oi, como vai você?”, e comentou: “Não estou dizendo que as coisas aconteceram muito rápido desde então, mas aconteceram como deveriam ser”.

continua após publicidade


Logo que foram flagrados juntos, em outubro, já especulava-se sobre o novo casal e as diferenças de idioma, idade e religião. Zaibat é muçulmano e Madonna seguidora da Cabala. O dançarino mal entende inglês, já a cantora não fala uma palavra em francês. Perguntado sobre o fato de ir à público com a nova relação, ele explicou que não foi uma decisão dos dois, mas não tiveram escolha pois foram flagrados dançando juntos.


“Só porque se trata de Madonna que o affair tomou estas proporções. Nada foi calculado por nós. Tivemos uma noite bacana juntos sem pensar que poderia ter paparazzi ali”, explicou.

continua após publicidade


Sobre Madonna, o dançarino completou que ela sabe bem administrar sua exposição na mídia. "Estes não são assuntos que a preocupam. Estou aprendendo muito sobre como ela administra seus próprios assuntos. Eu sou um aprendiz!”, afirmou.


De acordo com o coreógrafo, nada mudou muito depois que a relação veio à tona. “Eu continuou o mesmo, mas os outros mudaram comigo”, desabafou. “Pessoas que não vejo há 7 anos de repente começaram a lembrar que eu existo. Precisei trocar meu número de telefone”.

continua após publicidade


Zaibat reclamou do assédio da imprensa e disse que constantemente jornalistas e fotógrafos ficam em frente a sua casa, em Lyon, invadindo a privacidade da mãe, Patricia Vidal. Para ele, a mídia faz questão de retratá-lo como um garoto pobre da periferia francesa. “Depois de tantas histórias mentirosas, eu quero falar por mim. Espero que as pessoas possam descobrir que eu sou”.