Entretenimento

Grávida foi expulsa de quarto de hospital para acomodar Celine Dion

Da Redação ·
 Cantora Céline Dion perde o irmão dois dias após a morte do marido
fonte: AP
Cantora Céline Dion perde o irmão dois dias após a morte do marido

Uma gestante da Flórida, prestes a dar luz, recebeu uma notificação esta semana para deixar o quarto em que estava internada para a cantora canadense Celine Dion, 42. A cantora foi admitida na segunda-feira no hospital St. Mary's Medical Center, em Palm Beach, para o parto prematuro dos filhos gêmeos em novembro.

continua após publicidade

Após a recomendação médica para passar o resto de sua gravidez sob o olhar dos enfermeiros, os administradores do hospital teriam forçado a gestante, identificada apenas como uma médica ginecologista, a mudar de leito, dizem fontes do jornal Palm Beach Post ao site PopCrunch.

continua após publicidade

Tanto o jornal quanto o site especularam o porquê dessa mudança. Segundo o site, ele foi especialmente construído e equipado com uma cama maior do que outras no hospital. A sala também é equipada com um forno micro-ondas e frigobar. Até algumas acomodações foram reformadas para suportar o tamanho do quarto.

A diva foi levada ao hospital antes do esperado, quando começou a ter trabalho de parto no sábado à noite, forçando a outra "quase" mãe a ser transferida para outro quarto, menos luxuoso. Segundo o jornal, a paciente "não ficou feliz" e publicou uma declaração do porta-voz do hospital, Ryan Lieber, e o da cantora, afirmando que a cantora não está recebendo nenhum tratamento especial.