Entretenimento

Ex-traficante diz que Angelina Jolie comprava cocaína e heroína

Da Redação ·
Angelina Jolie dará voz a uma elefantinha. (FOTO - arquivo)
fonte: Divulgação
Angelina Jolie dará voz a uma elefantinha. (FOTO - arquivo)

O ex-fornecedor de cocaína e heroína da atriz, Franklin Meyer, conversou com a revista revelando alguns detalhes sobre ela.

continua após publicidade

“Nós nos víamos duas ou três vezes por semana quando ela estava na cidade (Nova York). Ela comprava cocaína e também heroína.”

Meyer contou que conheceu Jolie em 1997, quando ela e um amigo iam ao Chelsea Hotel comprar drogas com ele. Angelina, então com 21 anos, logo se tornou uma cliente regular.

continua após publicidade

“Geralmente ela gastava US$ 100 por visita e levava meio grama de cocaína e um décimo de grama de heroína e cheirava tudo na minha frente. Não parecia se preocupar com quem estivesse por perto.”

Ocasionalmente, segundo Franklin, era ele quem ia até o apartamento de Jolie no Upper West Side para levar a droga.

Franklin ainda se lembra da primeira visita porque se chocou em ver que as paredes do apartamento estavam cobertas com fotos de corpos de pessoas mortas.

continua após publicidade

“Entendi que eram corpos de verdade. Eram fotos dos lugares onde aqueles pessoas haviam sido assassinadas. Não sei onde uma pessoa consegue fotos assim.”

Mas o mais bizarro para Meyer era a obsessão de Jolie em adotar uma criança.

“Isso me chocou... em meio a facas, drogas e fotos de cadáveres, ela pensava em adotar uma criança...”