Entretenimento

Site diz que Bieber teria sido vítima de bullying homofóbico

Da Redação ·
 Justin Bieber
fonte: Divulgação
Justin Bieber

Após dar em primeira mão a notícia de que o astro teen Justin Bieber teria agredido um garoto de doze anos em um jogo de laser tag, uma competição que lembra o paintball, mas com lasers, na cidade de Vancouver, no Canadá, o site de fofocas TMZ informa agora que Bieber apenas se defendeu do garoto que o encurralou e xingou durante o jogo.

continua após publicidade

Citando "fontes próximas dos investigadores do caso", o TMZ afirma que durante o jogo o garoto, que não teve a identidade revelada, encurralou Bieber e começou a atirar sem parar, o que contraria as regras do laser tag. Quando o astro disse "já chega", o garoto respondeu: "o que você vai fazer a respeito, sua b...?"

Ainda segundo o site, o garoto repetiu o xingamento e estendeu a mão em direção a Bieber, que o empurrou para sair do local. Ele não teria, portanto, batido no outro garoto. O pai da suposta vítima, que deu queixa na polícia, teria dito repetidamente que "era um advogado". Embora a investigação continue, as fontes ouvidas pelo TMZ dizem que a polícia já sabe que Bieber não teve culpa na confusão.

continua após publicidade

O site diz ainda que astro teen está pensando em associar seu nome à campanha contra o bullying homofóbico entre os adolescentes nos EUA e no Canadá, embora sua equipe de relações públicas o tenha aconselhado a não se manifestar sobre o incidente.