Entretenimento

Polícia de Manchester, no Reino Unido, twitta as ocorrências da cidade

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Polícia de Manchester, no Reino Unido,  twitta as ocorrências da cidade
fonte: Reprodução
Polícia de Manchester, no Reino Unido, twitta as ocorrências da cidade

De carros roubados a cheiros suspeitos, uma das maiores polícias britânicas está twittando todo e qualquer incidente atendido por ela durante as 24 horas do dia para provar um ponto: a campanha no Twitter tem como objetivo mostrar a pressão que a polícia sofre enquanto políticos do Reino Unido preparam um plano de cortes no orçamento.

continua após publicidade


 

“Embora os crimes sejam boa parte das ocorrências, a realidade do trabalho da polícia envolve muito mais coisas”, diz o delegado Peter Fahy, da cidade de Manchester em uma mensagem publicada no YouTube. “Nós somos também uma agência que as pessoas procuram como último recurso, e boa parte do nosso trabalho está relacionada com problemas sociais mais amplos, como alcoolismo, drogas, saúde mental e pessoas com problemas nos seus relacionamentos.”

continua após publicidade

O projeto, que começou às 17 horas (horário local) desta quinta-feira, 14, já relatou mais de 1.300 incidentes dos mais diversos. Entre os primeiros tweets: um alerta sobre um veículo roubado seguindo em direção a Manchester; a prisão de um ladrão agressivo; e o relato de um “homem que aparenta estar dormindo em um ponto de ônibus”.

continua após publicidade

A Polícia da Grande Manchester é uma das maiores forças policiais do país, responsável por uma região com área de 1,3 quilômetros quadrados ao redor da cidade britânica, e compete com Birmingham o título de segunda maior cidade da Inglaterra.

Embora Manchester tenha sido palco de alguns crimes famosos — incluindo casos de terrorismo internacional –, a maior parte dos chamados desta quinta-feira envolviam casos cotidianos.

continua após publicidade

Muitos dos tweets cobriam incidentes domésticos, acidentes de trânsito, carros roubados e pessoas desaparecidas. Alguns eram relacionados a animais domésticos, denúncias de um homem urinando no muro de uma escola e o relato de uma pessoa fumando dentro de um avião que estava para aterrisar no aeroporto de Manchester.

continua após publicidade

Havia ainda dúzias de alarmes falsos.

continua após publicidade

Em um dos incidentes, os oficiais foram enviados para uma ponte onde um homem foi visto balançando um bebê sobre a grade. Na verdade, ele estava carregando seu cachorro porque o animal tinha medo de atravessar pontes.

A página no Twitter também foi coberta de relatos de crianças que haviam discado para a polícia ao brincar com o celular dos seus pais, e também uma série de chamadas inoportunas.

continua após publicidade

“Um homem confuso relata que sua TV não está funcionando”, dizia um dos incidentes no Twitter. “Homem liga para dizer que está trancado para fora de casa. Quer que a polícia force a fechadura”, dizia outro. Uma mulher ligou para a polícia porque um vídeo dela foi publicado no YouTube.

A Polícia de Manchester diz que os tweets estão sendo enviados pela equipe do departamento de comunicação, acompanhada por dois inspetores. Incidentes não serão twitados se ameaçarem a segurança de alguém, explica um porta-voz.

Por razões técnicas, as atualizações da polícia estão sendo publicadas em diferentes perfis do Twitter (todos podem ser vistos no site oficial da polícia em http://www.gmp.police.uk/). O projeto vai ficar no ar até as 17 horas (13 horas no horário de Brasília) de sexta, 15.