Entretenimento

Nobel de Física vai para dois pesquisadores russos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Nobel de Física vai para dois pesquisadores russos
fonte: manchester.ac.uk
Nobel de Física vai para dois pesquisadores russos

Os pesquisadores russos Andre Geim e Konstantin Novoselov foram anunciados hoje pela Real Academia Sueca como vencedores do Prêmio Nobel de Física. A dupla foi escolhida devido aos seus experimentos inovadores com o grafeno - um novo material ultrafino que deve ser importante para a eletrônica do futuro. O grafeno é uma forma de carbono tão plana (de um átomo de espessura) que passou a ser considerado uma estrutura de apenas duas dimensões (2D), ao contrário dos demais objetivos do dia a dia, que são tridimensionais (3D).

continua após publicidade

Segundo a Real Academia Sueca, os experimentos dos russos levaram à "fabricação de produtos eletrônicos inovadores", capazes, por exemplo, de criar computadores mais rápidos. "Como o grafeno é praticamente transparente e um bom condutor, é adequado para a produção de telas sensíveis ao toque, painéis ligeiros e células solares", afirmou a academia.

continua após publicidade

Em uma entrevista por telefone com jornalistas em Estocolmo, Andre Geim garantiu estar surpreso pelo anúncio, mas planejava ir trabalhar nesta terça-feira como de costume. Ele disse não ser um daqueles ganhadores do Prêmio Nobel que "deixam de fazer qualquer coisa pelo resto de sua vida". No ano passado, Geim recebeu o prestigioso Prêmio Europeu de Ciência Korber, por sua descoberta dos cristais de átomos de carbono, em particular do grafeno, informou a universidade dele em seu site. Segundo a instituição, a descoberta "tem o potencial de revolucionar o mundo da microeletrônica".

Ambos os pesquisadores nasceram na Rússia e começaram nesse país suas carreiras na Física. Os dois agraciados são professores de Física na Universidade de Manchester, na Grã-Bretanha. Geim, de 51 anos, tem também cidadania holandesa. Já Novoselov, de 36, é cidadão britânico e russo.