Entretenimento

Clara jura que não é assassina, mas Totó não a ajuda

Da Redação ·
 Totó já não cede tão fácilmente diante das lágrimas da loira
fonte: Globo
Totó já não cede tão fácilmente diante das lágrimas da loira

Clara (Mariana Ximenes) sabe que é vista como a maior suspeita pelo assassinato de Eugênio (Mauro Mendonça) e vê o cerco se fechando depois de dar o seu depoimento à polícia. Preocupada, ela procura Totó (Tony Ramos). Os dois vão até o apartamento dele e ela pede ajuda:
 

continua após publicidade

"Eu posso ser tudo, ter todos os defeitos do mundo, mas não sou assassina! Juro que não sou", insiste Clara.
 

"Perché giuri?", pergunta Totó, cético.
 

continua após publicidade

Ela continua a explicar que é inocente: "Ninguém vai acreditar em mim e eu vou acabar sendo presa por um crime que não cometi."
 

Totó não amolece: "Nessuno ti crede, perché você mentiu sempre. Come van acreditar em você agora?"
 

A loira se desespera e começa a chorar: "Totó, por favor, eu só tenho você!"
 

Mas ela não imagina ainda o quanto as coisas mudaram. Duro, ele responde: "No. Me, você non tem mais. Você está sozinha!"