Entretenimento

Nave Soyuz aterrissa sem problemas no Cazaquistão

Da Redação ·
 Os russos Alexandr Skvortsov Mijaíl Kornienko e a americana Tracy Caldwell-Dyson foram retirados da capsula em segurança
fonte: maxim Shipenkov/EFE
Os russos Alexandr Skvortsov Mijaíl Kornienko e a americana Tracy Caldwell-Dyson foram retirados da capsula em segurança

A cápsula da nave Soyuz TMA-18, com os russos Aleksandr Skvortsov e Mikhail Kornienko e a americana Tracy Caldwell-Dyson a bordo, aterrissou neste sábado (25) sem contratempos nas estepes do Cazaquistão, informou o Centro do Controle de Voos (CCVE) da Rússia, por meio de um porta-voz que citou a agência russa Interfax.

continua após publicidade
continua após publicidade

- A aterrissagem transcorreu de acordo com o programado. Segundo os primeiros dados, os tripulantes (da Soyuz) estão bem.

continua após publicidade

A cápsula chegou à Terra, como estava previsto, às 2h23 (de Brasília), em uma região ao sudeste da cidade cazaque de Arkalyk, onde a esperavam as equipes de resgate. Seus três tripulantes permaneceram no espaço um total de 176 dias, um a mais que o previsto, devido a uma falha técnica que obrigou a adiar em 24 horas seu retorno à Terra.

Na sexta-feira, um falso alarme fez com que a primeira manobra de desenganche da Soyuz da ISS fosse cancelada, no primeiro incidente como esse na história da exploração da plataforma orbital. A agência espacial russa, Roscosmos, informou que um dos alarmes indicava falta de hermetismo da nave Soyuz, o que foi descartado depois de rigorosas revisões.