Entretenimento

Australiano de 17 anos diz ter causado caos no Twitter

Da Redação ·
 Falha deixou tuítes coloridos e mandava para sites com brincadeiras, promoções e sites com conteúdo pornográfico
fonte: Reprodução
Falha deixou tuítes coloridos e mandava para sites com brincadeiras, promoções e sites com conteúdo pornográfico

Um australiano de 17 anos admitiu nesta quarta-feira (22) ter provocado, sem querer, o caos de ontem no site do Twitter que gerou problemas nas contas de milhares de pessoas, incluindo o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

continua após publicidade

O jovem, que tem uma conta no Twitter com o apelido @zzap, reconheceu ter encontrado uma falha na segurança que foi aproveitada pelos hackers e espalhou o caos durante cinco horas na manhã de ontem.

continua após publicidade

O garoto mora em Melbourne com os pais e introduziu um código como texto normal em uma mensagem que desencadeava a abertura de sites apenas com o ato de passar o mouse sobre o texto, sem a necessidade de clicar nos tuítes.

continua após publicidade

Os hackers aproveitaram a ideia e usaram o código para redirecionar os usuários para páginas pornográficas ou criar mensagens que se reproduziam a cada vez que eram lidas.

- Fiz isso apenas para ver se era possível fazer [...] para ver se o código Javascript podia ser utilizado em um tuíte. Ao enviar meu tuíte, nunca imaginei que isto poderia acabar assim.

continua após publicidade

Milhares de contas foram afetadas, como a de Sarah Brown, esposa do ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown, que tem mais de um milhão de seguidores.

continua após publicidade

O Twitter pediu desculpas aos milhões de usuários. Bob Lord, um dos diretores da equipe de segurança do serviço, disse que os dados das contas pessoais não foram afetados.

Copyright AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados