Entretenimento

Marília Mendonça revela que letras são autobiográficas: 'Algumas histórias não terminaram felizes como na música'

Da Redação ·
Marília Mendonça revela que letras são autobiográficas: 'Algumas histórias não terminaram felizes como na música'
Marília Mendonça revela que letras são autobiográficas: 'Algumas histórias não terminaram felizes como na música'

Cantora Marília Mendonça foi um dos destaques do Altas Horas deste sábado, 4/11. Pela primeira vez no programa, ela cantou e também abriu o coração sobre vários assuntos, como a relação conturbada que tem com os irmãos e o início de sua carreira.

continua após publicidade

Como tudo começou

“Eu comecei cantando na igreja, com um playbackzinho. Todas as adolescentes da igreja cantavam assim. Isso em Goiânia. Eu nasci em Cristianópolis, mas fui lá só para nascer. Inclusive, estou devendo uma visita, porque fiquei sabendo que sou o orgulho de lá. Não voltei ainda!”

continua após publicidade

A primeira música, a gente nunca esquece

“A primeira vez que eu fui cantar na igreja foi engraçado, porque eu esqueci a letra, comecei a chorar e chamei a minha mãe. Eu tinha uns 10 anos de idade. Aos 12 eu já estava na sofrência, eu fiz a minha primeira música aos 12 anos.”

Fonte- gshow.globo.com