Cresce o número de grupos que defendem que a Terra é plana - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Entretenimento

Cresce o número de grupos que defendem que a Terra é plana

Para os terraplanistas, o planeta seria um disco e o céu, uma cúpula em formato circular | Ilustração: Raphael Salimena
Foto por
Escrito por redação com BBC
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Globalista, Terraplanista ou neutro?". "Você consegue provar que a Terra é um globo, uma bola?". "Você tem conhecimento de que o Sol e a Lua estão próximos da nossa Terra e 'dentro' da nossa atmosfera, (ou no firmamento) e são menores, bem menores que a Terra?"

É com perguntas como estas que grupos de "terraplanistas" - pessoas que acreditam que a Terra é plana - no Facebook avaliam a solicitação de entrada de um novo membro no fórum virtual. Na rede social, há pelo menos 30 grupos do tipo em português.

Há também diversas páginas sobre o tema no Facebook - a maior delas, "A Terra é plana", tem mais de 77 mil membros. Os terraplanistas também estão no YouTube, com vários canais dedicados a mostrar experimentos e discutir o que chamam de "falácias" dos "globalistas" - e versões alternativas para a explicação de fenômenos como fusos horários, estações e eclipses.

No começo deste ano, Kyrie Irving jogador dos Cleveland Cavaliers, campeão da NBA causou furor na internet após revelar que acredita nesta teoria. "Isto nem é uma teoria da conspiração. A Terra é plana, não há qualquer curvatura, é plana, como nos mapas", garantiu o jogador, que frequentou um curso na Universidade de Duke (não concluiu) antes de ingressar na NBA. 

Foto: Reprodução

No final de agosto, os movimentos que negam o formato em globo da Terra ficaram em evidência nos Estados Unidos por apontarem supostas "falhas" nas explicações sobre o eclipse solar total que percorreu 113 quilômetros no país.

Apesar de discordâncias internas nestes grupos, em geral, os terraplanistas acreditam que a Terra é coberta pelo "firmamento", em formato de domo; Sol e Lua fariam seus percursos dentro deste espaço, e seriam corpos muito menores do que acreditam os "globalistas"; já a Antártida ocuparia as bordas do disco da Terra.

O heliocentrismo (o fato de que o Sol está no centro do Sistema Solar e que os planetas giram em torno dele), a existência do espaço sideral e até mesmo de uma força invisível como a gravidade são questionados - para eles, só não "voaríamos" do solo por características dos corpos, como densidade, flutuabilidade e magnetismo.

A gestão territorial internacional da Antártida, inclusive, seria uma prova, para os terraplanistas, de uma conspiração que impediria a revelação da "verdade".

Para os terraplanistas, a gravidade não existe e é substituída pela densidade dos corpos | Ilustração: Raphael Salimena

"O Tratado da Antártica é rigorosíssimo. Um turista não pode dormir na Antártica, por exemplo", disse por telefone, em entrevista à BBC Brasil, o eletrotécnico Bruno Alves, de 37 anos, proprietário do canal no YouTube "Mistérios do Mundo" e presidente do Centro de Pesquisas Terra Plana Brasil.

O grupo de pesquisas, criado recentemente, tem se reunido virtualmente, mas planeja um encontro offline em 2018 e expedições para fazer experimentos como os "testes de curvatura" - nos quais são usadas câmeras com alto grau de aproximação para "provar" que o horizonte seria sempre reto, independente da altura do observador. Para este e outros experimentos, há campanhas de crowdfunding que tentam angariar recursos.

"A cada dia temos ganhado mais adeptos, por nossos argumentos. Saímos da física teórica para a empiria. A verdade é que não podemos sentir, experimentar a teoria da Terra como um globo. Não temos como competir com a Nasa em investimentos, mas estamos fazendo pesquisa do nosso próprio bolso", diz Alves.

Nos grupos de terraplanistas aos quais a BBC Brasil teve acesso, alguns membros admitiram que estavam nos fóruns por curiosidade ou até para se divertir com as teorias conspiratórias ali fomentadas - mas reconheceram que a maioria dos participantes leva o assunto a sério.

Um deles é Milton TP, como é conhecido na internet o técnico de informática de 48 anos que administra o grupo de Facebook "Terra Plana Brasil Exclusivo". Morador do Rio Grande do Sul, Milton participa de ao menos cinco grupos como este e conta que a administração deles vem dando cada vez mais trabalho.

"As páginas estão aumentando, e quando as ideias são postas à prova, os ânimos ficam muito exaltados. Os globalistas acham que a gente não foi para a escola, que não temos conhecimento e somos facilmente enganados; sendo que é bem o contrário", diz Milton, que começou a se interessar pelo tema nos primórdios da internet, quando passou a ler sobre contestações da ida do homem à Lua.

(Com informações da BBC)

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Cresce o número de grupos que defendem que a Terra é plana"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.