Mais lidas
Entretenimento

U2 protesta contra censura durante show em São Paulo

.

Camiseta foi usada pelo baterista Larry Mullen Jr. e mostrada no telão durante o show. Foto: Twitter/Reprodução
Camiseta foi usada pelo baterista Larry Mullen Jr. e mostrada no telão durante o show. Foto: Twitter/Reprodução

A banda irlandesa U2 deu início, nesta quinta-feira (19), a série de quatro shows que realiza no Estádio do Morumbi, em São Paulo, como parte da turnê The joshua tree tour. Durante a apresentação, o baterista Larry Mullen Jr. usou uma camiseta escrito ''censura nunca mais''. A campanha faz parte dos protestos contra o fechamento da exposição de arte Queermuseu, bem como às críticas às obras de Wagner Schwartz e Pedro Moraleida.

Durante o show, o vocalista Bono ainda homenageou as mulheres e cantou músicas de David Bowie (Starmane Rebel rebel), bem como citou artistas brasileiros como Renato Russo, Elis Regina e Cazuza. No setlist, composto por 21 músicas, a banda priorizou clássicos como Sunday bloody sunday, Where the street have no name, With or without you, Beautiful day e One.

No entanto, ainda coube espaço para canções do disco - ainda inédito - Songs of experience, como You're the best thing about me e Bullet the blue sky. Esta foi somente a primeira apresentação. A banda retorna ao estádio neste sábado (21), domingo (22) e na próxima quarta-feira (25). Com exceção da última data, todas as outras encontram-se esgotadas. As entradas podem ser adquiridas por meio do site oficial da banda.

Fonte- diariodepernambuco

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber