Mais lidas
Entretenimento

"The Walking Dead" volta com exigência de mais ação e mortes

.

Rick Grimmes (esq.) se prepara para enfrentar o vilão Negan DIVULGAÇÃO
Rick Grimmes (esq.) se prepara para enfrentar o vilão Negan DIVULGAÇÃO

Rick Grimmes (Andrew Lincoln) vai ter de se esforçar se quiser reconquistar o público de “The Walking Dead” na oitava temporada da atração. A série volta ao ar na Fox amanhã, às 23h30, com 16 episódios, após uma temporada inteira na expectativa de embate contra o vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan) – que não ocorreu.

O centésimo episódio da atração promete ser o início da união de diferentes comunidades contra os inimigos Salvadores. Liderada por Rick, Alexandria será apoiada por Hilltop, agora sob o comando de Maggie (Lauren Cohan), pelo Reino, do rei Ezekiel (Khary Payton), e pela comunidade feminina de Oceanside, descoberta por Tara (Alanna Masterson).
Nesse ponto do enredo, sobreviver ao apocalipse zumbi virou algo menos importante do que conquistar a própria liberdade. No combate, que promete muita ação, mortes importantes devem ocorrer.
Entre elas, podem estar a de Shiva, tigresa de Ezekiel, e a de Morgan (Lennie James), que já não vive mais nos quadrinhos que inspiram a história. Se essa trama original for seguida, aliás, Rick não matará Negan, mas o manterá preso como espécie de conselheiro.
A primeira parte desta temporada terá oito episódios. O restante vai ao ar a partir de fevereiro de 2018.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber