Entretenimento

Índia quer acesso a dados do Google e do Skype

Da Redação ·
 O país quer ter acesso aos dados recolhidos pelo Google e pelo Skype
fonte: Reprodução
O país quer ter acesso aos dados recolhidos pelo Google e pelo Skype

A Índia irá solicitar ao Google e ao Skype que configurem seus servidores no país permitindo acesso aos dados de internet, afirmou na semana que passou um representante de um ministério do país.

continua após publicidade

Repercutindo receios levantados por diversos outros países, a Índia já disse que deseja ter meios para rastrear e ler por completo os dados de e-mail e acesso à internet do BlackBerry, que o governo teme que possam ser usados por terroristas.

continua após publicidade

A fabricante do BlackBerry, Research In Motion, dará ao governo indiano acesso aos dados sigilosos do BlackBerry a partir de hoje, segundo uma fonte oficial, levando Nova Déli a descartar a decisão de desativar o smartphone no país.

continua após publicidade

O secretário geral G.K. Pillai disse a jornalistas que uma exigência similar será feita ao Google e ao Skype, tendo enviado solicitações a ambos, mas sem especificar prazos.

A reputação do BlackBerry foi construída com base na segurança de seu sistema, e as pressões de governos poderiam afetar a popularidade do aparelho junto a empresas e políticos.

continua após publicidade

A Apple e a Nokia, duas maiores concorrentes da RIM no ramo de smartphones, teriam muito a ganhar caso a Índia bloqueasse os serviços do BlackBerry. A Nokia havia dito na última segunda-feira (30) que hospedaria um servidor na Índia a partir de 5 de novembro.

Copyright Thomson Reuters 2009