Entretenimento

Na Inglaterra, 9 milhões de adultos nunca usaram a internet

Da Redação ·
 Já no Brasil, um terço da população não tem acesso à rede
fonte: googleimagens.com
Já no Brasil, um terço da população não tem acesso à rede

Para quem acha que hoje todos usam a internet, não importando a idade, pode pensar duas vezes. Um estudo britânico revelou que, na Inglaterra, mais de 9 milhões de adultos nunca usaram a internet.

continua após publicidade

De acordo com o site inglês Daily Mail, não são apenas os mais velhos que fazem parte desse grupo. Viúvos e pessoas com baixa renda salarial também nunca acessaram a rede.

continua após publicidade

Ciente da gravidade do problema, o primeiro ministro britânico David Cameron afirmou que o governo tem se esforçado para que cada vez menos pessoas fiquem excluídas desse acesso. A ideia é que todos os serviços básicos e os negócios ganhem uma plataforma online para que essas pessoas passem a se adaptar à internet.

continua após publicidade

A diferença no acesso entre as idades no país é tamanha que atinge a seguinte proporção: no grupo de 16 a 24 anos, apenas 1% nunca usou a rede; já no grupo acima dos 65 anos, a porcentagem ultrapassa os 60%.

Atualmente, mais de 38 milhões de adultos acessam a internet por lá, sendo que 30 milhões o fazem diariamente.

continua após publicidade

Esses números refletem uma condição socioeconômica e demográfica que o governo e algumas organizações britânicas estão tentando mudar desde 2006, segundo Mark Williams, da ONS (Office of National Statistics), responsável pelo estudo.

continua após publicidade

No Brasil, o total de internautas brasileiros ultrapassa o de 70 milhões, contando cibercafés, LAN houses, universidades e, claro, residências e locais de trabalho. Segundo estudo recente conduzido pela empresa de estatísticas comScore, o grupo mais representativo no Brasil varia entre 15 e 24 anos.

Já segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), apenas um terço da população brasileira tem acesso à internet. E mais de 65% com mais de dez anos de idade não usa a rede, ou por não saber ou por não ter acesso a computadores.