Entretenimento

Após escândalo sexual, Tiger Woods finaliza divórcio

Da Redação ·

Cerca de nove meses depois do escândalo sexual, o golfista norte-americano Tiger Woods finalizou nesta segunda-feira o processo de divórcio com a sueca Elin Nordegren, com quem foi casado por quase seis anos e teve dois filhos. Os detalhes do acordo de separação não foram revelados, mas a guarda das crianças deverá ser dividida.

continua após publicidade

Esportista mais bem pago do mundo e número 1 do golfe, Tiger parecia ter uma vida perfeita com a esposa Elin. Mas seus inúmeros casos extraconjugais foram revelados ao mundo no final do ano passado, criando um escândalo sexual. Dizendo-se viciado em sexo, ele chegou a fazer tratamento numa clínica, mas não salvou o casamento.

continua após publicidade

"Estamos tristes que nosso casamento acabou e desejamos um ao outro o melhor no futuro. Apesar de não sermos mais casados, somos pais de duas maravilhosas crianças e a felicidade delas tem sido, e sempre será, o mais importante para nós", diz o comunicado divulgado em conjunto por Tiger e Elin após o divórcio ter sido assinado.

Por conta do escândalo sexual, Tiger Woods perdeu o casamento e cerca de US$ 35 milhões em patrocínios. Também esteve alguns meses afastado do golfe. Mas voltou a competir em abril, sem perder a liderança do ranking mundial. Ele, inclusive, jogará um torneio nesta semana, em Nova Jersey, nos Estados Unidos.