Entretenimento

'Mil caras' do teatro brasileiro dá uma verdadeira aula de história no Cine Fênix

Da Redação ·
John Vaz na pele de Tiradentes. Foto: Divulgação
John Vaz na pele de Tiradentes. Foto: Divulgação

Neste sábado (29) o Cine Teatro Fênix de Apucarana recebe um espetáculo que vai dar uma verdadeira aula de história ao público. O ator John Vaz, conhecido como o mil caras do teatro brasileiro, é o protagonista da peça que explica como a Revolução Francesa influenciou a Conjuração Mineira. O espetáculo encerra o congresso maçônico realizado no município.

continua após publicidade

Para melhor compreender os motivos e as influências ideológicas da Inconfidência Mineira, e a participação de maçons na história, ator conduz o espetáculo para as trincheiras da Revolução Francesa. Apresentação é interativa. Público, figurantes e ator são integrados num único corpo cênico para reproduzir as batalhas entre as tropas invasoras vindas da Prússia e os franceses.

'Mil caras' do teatro brasileiro dá uma verdadeira aula de história no Cine Fênix fonte: Reprodução
continua após publicidade

“O espetáculo vai começar na praça e monta uma trincheira com mesas e cadeiras”, adianta.

Dentro do teatro, o texto traz o ideário iluminista que influenciou fortemente a independência dos Estados Unidos, a Revolução Francesa e também os Conjurados Mineiros. Na cena o  público entenderá a estrutura do pensamento iluminista de Rousseau e Montesquieu.

“Para as pessoas entenderem o que foi a Inconfidência Mineira e Baiana, têm que entender o que foi o Iluminismo. Por isso a peça passa pela Revolução Francesa e baixa na Conjuração Mineira e Baiana”, comenta.

continua após publicidade

A terceira parte do espetáculo já é a própria história da conjuração. O texto revisa a versão oficial, tradicionalmente estudada nas escolas, no entanto, oferece uma outra interpretação,  tornando possível a abordagem dos fatos históricos em torno da Inconfidência  Mineira e a participação de maçons, de uma maneira crítica.

'Mil caras' do teatro brasileiro dá uma verdadeira aula de história no Cine Fênix fonte: Reprodução

Mil caras do teatro brasileiro
O ator e diretor de artes cênicas, John Vaz, é especialista em interpretar personalidades da história. Por conta da diversidades de papeis ele ficou conhecido como o mil caras do teatro brasileiro. Vaz já foi coordenador do Teatro Museu da República, no Rio de Janeiro, de 1999 a 2007. Sua galeria de personagens inclui o poeta e ator francês Antonin Artaud, o filósofo marxista Louis Althusser, o seringueiro Chico Mendes, o presidente bossa nova Juscelino Kubitschek (o papel rendeu ao ator uma condecoração com a Medalha JK 2002) o presidente deposto João Goulart, o revolucionário Che Guevara, templário Jacques De Molay,  e o imperador Dom Pedro I. Agora, Vaz está na pele do Alferes Tiradentes, para dar outra aula de história, desta vez em Apucarana.  

continua após publicidade

'Mil caras' do teatro brasileiro dá uma verdadeira aula de história no Cine Fênix fonte: Reprodução

John é um ator de teatro, no entanto, tem no currículo vários trabalhos na televisão, em parceria com grandes diretores. Na tv ele fez a minissérie “Amazônia” de Gloria Perez, e interpretou o coronel boliviano Rosendo Rojas. Também interpretou Jango na “minissérie JK” em 2006, participou da novela “Belíssima” em 2008 e "Beleza Pura" ambas no papel de policial. Todos os trabalhos produzidos pela Rede Globo. No cinema, interpretou Che Guevara, com direção de Gringo Cardia.

continua após publicidade

'Mil caras' do teatro brasileiro dá uma verdadeira aula de história no Cine Fênix fonte: Reprodução

Serviço:

Revolução Francesa, Iluminismo e Conjuração Mineira

Neste sábado (29), às 22 horas no Cine Teatro Fênix, em Apucarana.