Entretenimento

Bélgica apresenta seu novo filhote de panda, que pesa apenas 171 gramas

Da Redação ·
Foto: Benoit Bouchez/Associated Press
Foto: Benoit Bouchez/Associated Press

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um filhote de panda gigante nasceu em um zoológico da Bélgica nesta quinta-feira (2), um acontecimento raro para uma espécie ameaçada de extinção que tem menos de 2 mil exemplares no mundo.

continua após publicidade

O filhote macho e saudável da panda Hao Hao, de 6 anos, e de seu parceiro, Xing Hui, nasceu nas primeiras horas do dia no parque Paira Daiza e causou comoção entre os funcionários.

Dada a raridade do nascimento de pandas (na natureza ou em cativeiro), os tratadores do casal de pandas se emocionaram e até choraram após verem o filhote.

continua após publicidade

O pequeno panda, rosado e quase sem pelos, pesa apenas 171 gramas e deu um grito alto antes de Hao Hao pegá-lo com a boca, contou o diretor do zoológico, Tim Bouts.

A gravidez "provável" de Hao Hao foi anunciada há duas semanas e causou certo alvoroço. Mãe e filhote passam bem, disse Bouts, mas ainda é "um período arriscado", dada a alta mortalidade dos pandas em seus primeiros três meses de vida.

O zoológico, onde o casal panda vive desde 2014 mediante um acordo com as autoridades chinesas, cooperou com especialistas da China, país de origem dos animais, para fazer a inseminação artificial da panda.

continua após publicidade

A entidade ambientalista WWF disse que um levantamento de 2014 só encontrou 1.864 pandas gigantes vivendo em seus habitats naturais, quase o dobro do total no final dos anos 1970 e 17% a mais do que na última década.

O "empréstimo" dos pandas pela China envolve, de forma geral, o pagamento de um "aluguel" pelos animais e costuma ser negociado apenas com países com os quais os chineses têm boa relação -isso é conhecido como a "diplomacia do panda".

Os filhotes nascidos fora da China também são propriedade dos chineses e, em algum momento, precisam ser devolvidos ao país de origem dos animais.