Entretenimento

Autor de ofensas racistas contra Ludmilla é denunciado pelo Ministério Público

Da Redação ·
Comentários ofensivos foram publicados no perfil do instagram da cantora (Foto: Facebook/OficialLudmilla)
Comentários ofensivos foram publicados no perfil do instagram da cantora (Foto: Facebook/OficialLudmilla)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou, nesta segunda-feira (30), Hélder dos Santos Santana por cometer injúrias racistas contra a cantora Ludmilla.

continua após publicidade

Ele poderá ser condenado a até três anos de prisão, além de pagamento de multa.

O Ministério Público também solicitou à Justiça que Santana seja proibido de se aproximar da cantora e de frequentar espetáculos em que ela se apresente.

continua após publicidade

As injúrias aconteceram no Instagram, no domingo (22), em algumas fotos publicadas pela cantora, que foi chamada de "criola nojenta", "macaca" e "feiosa".

Ludmilla respondeu ao comentário falando que iria "até o final" para ver seu agressor "pagar por isso". Ela foi à delegacia na segunda-feira (23) prestar queixa.

"O denunciado ofendeu a dignidade da vítima, demonstrando desapreço e desrespeito, sendo certo que não foi esta a primeira vez que assim agiu", disse o promotor Márcio Nobre.

De acordo com os promotores, Hélder já responde na Justiça por tentativa de homicídio.