Entretenimento

Filme finlandês sobre boxeador vence mostra Um Certo Olhar em Cannes

Da Redação ·

GUILHERME GENESTRETI, ENVIADO ESPECIAL
CANNES, FRANÇA (FOLHAPRESS) - Rodado em preto e branco, o longa finlandês "The Happiest Day in The Life of Olli Mäki", do estreante Juho Kuosmanen, levou o prêmio de melhor filme da sessão Um Certo Olhar (ou 'Um Certain Regard', no original), paralela à competição oficial do Festival de Cannes.
O drama ambientado no começo dos anos 1960 acompanha a história de um duelo de boxe entre um padeiro do interior e um campeão americano.
Já o japonês "Harmonium", de Koji Fukada, ganhou o prêmio do júri por sua história sobre uma os membros de uma família que é fraturada após ter de aceitar que um visitante passe a viver com eles.
Família também é o tema do filme vencedor na categoria de direção: o indie americano "Captain Fantastic", de Matt Ross, história sobre um pai rígido e idealista (Viggo Mortensen), que criou seus filhos em casa e vê sua família forçada a se abrir para o mundo exterior.
O prêmio de roteiro foi para "The Stopover", de Delphine e Muriel Coulin, e a animação "The Red Turtle" de Michael Dudok De Wit levou a menção especial do júri.
A mostra Um Certo Olhar é dedicada a apresentar filmes de diretores iniciantes ou que apresentem linguagens cinematográficas diferentes ou inusitadas. Foram 18 os filmes desta mostra.
Foram jurados desta edição da mostra Um Certo Olhar as atrizes Marthe Keller (presidente do júri) e Céline Sallette, o ator e diretor Diego Luna, além dos diretores Jessica Hausner e Ruben Östlund.
Os prêmios da competição oficial, na qual disputam 21 outros filmes incluindo o brasileiro "Aquarius", serão anunciados na noite de domingo (22).
O jornalista GUILHERME GENESTRETI se hospeda a convite do Festival de Cannes

continua após publicidade