Comédia dramática de Maria Adelaide Amaral abre teatro em São Paulo - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Entretenimento

Comédia dramática de Maria Adelaide Amaral abre teatro em São Paulo

Escrito por Folha Press
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

MARIANA MARINHO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Amor maldito. Foi isso que levou Maria Adelaide Amaral a escrever, em 1993, "Para Tão Longo Amor", peça que estreia nesta sexta (20) o novo Teatro Morumbi Shopping, na zona sul de São Paulo.
Na comédia dramática, Raquel (Regiane Alves) é uma jovem poeta que se envolve com o editor de livros Fernando (Leopoldo Pacheco). Não há meio-termo entre eles, que entre citações de autores como Luís de Camões e Arthur Rimbaud, se amam e se atingem de forma quase patológica.
"Se as relações fossem saudáveis, não haveria literatura e nem vida", comenta a autora, que está escrevendo "A Lei do Amor", próxima novela das nove da rede Globo.
"A Raquel não consegue ter um envolvimento que não seja destrutivo. Ela se coloca no confortável papel da rebelde e ele, como seu editor, no desconfortável papel do conservador", completa.
Esta é a segunda montagem da peça, que nos anos 1990 foi dirigida por Roberto Lage na capital paulista e em Porto -sendo premiada no 18º Festival de Teatro de Portugal. Na nova versão, Yara de Novaes e Carlos Gradim assumem a direção.
"O texto já começa com uma espécie de doença", diz Novaes, que em 2009 dirigiu "As Meninas", outra dramaturgia de Maria Adelaide, e atualmente está em cartaz em "Contrações" ao lado da atriz Débora Falabella.
"Assistimos a um embate egoísta e predatório que um faz do outro com frases preconceituosas e subjugadoras."
O que começa de forma verbal acaba se tornando físico: entre idas e vindas em momentos presentes e passados, Raquel e Fernando embriagam-se, gritam e rolam no chão. Durante uma batalha e outra, eles problematizam suas diferenças de idade (ela na faixa dos 30, ele na dos 50) e suas visões de mundo.
"Parece que é a mesma cena o tempo todo. Não há evolução, o que gera uma sensação de cativeiro", diz Novaes.
A ideia de claustro é intensificada pelo cenário, uma estrutura que funciona como tela de projeção e como portas e janelas que permitem aos personagens pequenos vislumbres do universo externo.
PORTE
Equipado para receber produções de pequeno e médio porte, o novo espaço tem 630 m², acomoda 250 pessoas e fica na garagem do shopping. A construção atende a uma lei municipal que exige um cinema ou teatro com mais de 250 lugares para os centros comerciais com mais de 30 mil m².
Fernando Padilha e Clarissa Rockenbach, da produtora Pad Rok, são os responsáveis pela programação, que terá consultoria artística de Sergio Rezende, diretor do Tuca.
O espaço aposta em atrações musicais, adultas e infantis -com ingressos em torno de R$ 50 e R$ 80. Nos próximos meses, devem entrar em cartaz um espetáculo inédito dos Barbatuques e a peça "A Reunificação das Duas Coreias", dirigida por João Fonseca.
O saguão, com um café Antesala, exibe uma mostra de fotos de Lenise Pinheiros, repórter-fotográfica da Folha de S.Paulo.

PARA TÃO LONGO AMOR
QUANDO sex. e sáb., às 21h, dom., às 19h; até 31/7
ONDE Teatro Morumbi Shopping, av. Roque Petroni Júnior, 1.089, piso G1, tel. (11) 5183-2800
QUANTO R$ 70
CLASSIFICAÇÃO 14 anos

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Comédia dramática de Maria Adelaide Amaral abre teatro em São Paulo"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.