ATUALIZADA - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Entretenimento

Escrito por Folha Press
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Segurando cartazes com os dizeres em inglês e francês "Um golpe está acontecendo no Brasil", "54 milhões de votos foram queimados", "O Brasil não é mais uma democracia" e "Dilma, vamos resistir com você", a equipe do filme brasileiro "Aquarius", que está em competição pela Palma de Ouro no Festival de Cannes, protestou na sessão de gala que exibe o longa nesta terça (17).
A equipe de "Aquarius", que inclui atores como Sonia Braga, Humberto Carrão e Maeve Jinkings, posava para fotos na frente da escadaria que leva ao Palácio dos Festivais quando, impulsionados pelo gesto do diretor Kleber Mendonça Filho ("O Som ao Redor"), exibiram cartazes em protesto contra a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Sonia Braga já havia subido as escadarias do local onde ocorreria a sessão do filme quando percebeu o protesto dos colegas e retornou para participar da manifestação. Já dentro da sala de exibição, a equipe do longa também segurou um grande cartaz com os dizeres "Parem o golpe no Brasil".
É o segundo dia seguido de manifestações contrárias à situação política brasileira no Festival de Cannes. Na segunda (16), o cineasta Eryk Rocha aproveitou a apresentação do seu documentário, "Cinema Novo", que foi exibido durante a mostra não competitiva Cannes Classics, para criticar o afastamento da presidente Dilma.
"Aquarius" teve sua primeira exibição para a imprensa na manhã desta terça (17) e foi aplaudido pelos jornalistas que lotaram a sala Bazin.
No filme, Sonia Braga, mais uma vez se consagrando como o rosto do cinema brasileiro no exterior, vive Clara, crítica de música aposentada e viúva que está às turras com uma construtora com planos de demolir o prédio em que ela vive, último remanescente de seu estilo na praia de Boa Viagem, no Recife, para criar um novo empreendimento.
DILMA AGRADECE
Após o protesto em Cannes, a presidente afastada Dilma Rousseff usou as redes sociais para agradecer a manifestação feita no festival em favor do seu governo.
"Agradeço o apoio, no tapete vermelho do Festival de Cannes, do elenco do 'Aquarius', do diretor Kleber Mendonça Filho, que saiu em defesa da democracia e alertou o mundo para o golpe de Estado que ocorre no Brasil. Envio a todos um beijo carinhoso em nome da democracia", escreveu.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "ATUALIZADA"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.